Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Wesley brilha e Palmeiras derrota a Chapecoense no Allianz Parque

Jovem atacante marcou duas vezes e garantiu o triunfo do time paulista por 3 a 1 pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro

Por Da Redação 6 jun 2021, 20h11

Em noite inspirada de Wesley, o Palmeiras derrotou a Chapecoense por 3 a 1, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, 6, no Allianz Parque. O jovem atacante marcou duas vezes e Luiz Adriano ampliou o placar. A equipe de Chapecó, que contou com a estreia do técnico Jair Ventura à beira do campo, descontou com Busanello.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Na próxima rodada do Brasileirão, o Palmeiras encara o arquirrival Corinthians, em casa, no sábado, 12, às 19h. Antes, a equipe alviverde encara o CRB pela partida de volta da terceira rodada da Copa do Brasil, na quarta-feira, 9, às 19h. Na ida, o clube paulista venceu por 1 a 0.

Já a Chapecoense enfrenta o Ceará, em casa, no domingo, 13, às 20h30. Pela terceira rodada da Copa do Brasil, o clube catarinense enfrenta o ABC, nesta quarta-feira, 9, às 16h30. Na ida, o time de Chapecó venceu por 3 a 1.

Na partida, o Palmeiras abriu o placar logo aos 6 minutos de jogo. Mayke avançou pela direita e cruzou rasteiro. Laércio errou na hora de afastar e a bola sobrou para Wesley, que apenas empurrou para o fundo da rede. Pouco depois, aos 14 minutos, o time da casa ampliou. Depois de escanteio curto, a bola voltou para Gustavo Scarpa, que cruzou para a área. Busanello errou ao cortar e a Luiz Adriano, na sobra, anotou o segundo gol.

Continua após a publicidade

Ainda no primeiro tempo, o clube mandante chegou ao terceiro gol, aos 41 minutos. Wesley recebeu bom passe de Gustavo Scarpa e arrancou pela esquerda. O jovem atacante deixou Laércio no chão, driblou Ronei e finalizou bonito para balançar a rede.

Já no segundo tempo, aos 8 minutos, a Chape diminuiu a desvantagem. Em falta na entrada da área, Busanello encheu o pé, Jailson ainda tentou defender, mas a bola acabou dentro do gol.

Continua após a publicidade
Publicidade