Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeo mostra encontro de suspeitos da morte de jogador Daniel

Edison Brittes Júnior, sua filha e sua esposa encontraram-se com três homens em um shopping, próximo a Curitiba após o assassinato

Um vídeo das câmeras de um shopping na região de Curitiba mostra a família Brittes, presa pela morte do jogador Daniel Corrêa Freitas, reunida com outros três homens na área de alimentação, dois dias após o assassinato, para combinar o que contariam à polícia após o crime. O vídeo foi divulgado pelo Fantástico, da Rede Globo, na noite de domingo.

Nele aparecem o empresário Edison Brittes Junior, de 38 anos, sua esposa, Cristiana, e a filha do casal, Allana, na hora do almoço, conversando com outros três homens, que também estiveram na casa no momento do crime. Edison é assassino confesso do jogador e afirma que matou o atleta depois de encontrá-lo tentando estuprar sua esposa em uma festa realizada na casa da família, para comemorar os 18 anos da filha. A versão do empresário foi descartada pelo delegado que investiga o caso.

Durante o encontro, a família aparece conversando com os três homens de forma descontraída. De acordo com a polícia, segundo reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, Edison Brittes propõe aos homens divulgar uma mesma história – a de que Daniel havia deixado a festa pelo portão – e criar um elo entre eles, que, caso fosse quebrado, saberia quem teria feito isso, criando um clima de ameaça para as testemunhas.

Edison Brittes Junior foi preso no dia 2 de novembro depois de admitir ter matado Daniel, de 24 anos, encontrado no dia 27 de outubro em um matagal de São José dos Pinhais, no Paraná, com o pescoço cortado e o órgão sexual decepado.

O jogador Daniel, durante sua passagem pelo São Bento (São Bento/Divulgação)

Daniel foi revelado pelo Cruzeiro, mas estreou como profissional no Botafogo, em 2013. Dois anos depois, acertou com o São Paulo, mas enfrentou vários problemas físicos e fez apenas 16 jogos pelo clube paulista. Desde então, acumulou passagens por empréstimos por Coritiba, Ponte Preta e estava no São Bento, de Sorocaba.