Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Último colocado do Brasileirão, Avaí demite técnico Geninho

Treinador é o segundo demitido neste Campeonato Brasileiro

Na última colocação do Campeonato Brasileiro, o Avaí demitiu o técnico Geninho na noite desta segunda-feira, 17. Sua última partida foi a derrota diante do Palmeiras, por 2 a 0, em São Paulo, na quinta-feira, 13.

O treinador ficou no cargo por um ano e 28 dias e conquistou o acesso à elite do futebol nacional e o título catarinense de 2019. Foram 32 jogos, com 13 vitórias, nove empates e dez derrotas. Somada com a primeira passagem do treinador do clube, entre os anos de 2014 e 2015, foram 111 partidas, com 45 vitórias, 32 derrotas e 34 empates.

O Avaí tem um pouco de um mês para definir o nome do seu novo treinador para dar sequência ao trabalho de Geninho no Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso da equipe é no dia 13 de julho, às 21 horas, na Arena Castelão, contra o Fortaleza.

Veja a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Entre os nomes disponíveis no mercado, especulam-se os de Jair Ventura, ex-Santos e Corinthians, Alberto Valentim, ex-Vasco, Zé Ricardo, ex-Botafogo, Thiago Larghi, ex-Atlético-MG, e de Lisca, ex-Ceará.

Geninho foi apenas o segundo treinador a perder emprego neste Campeonato Brasileiro. O primeiro havia sido Abel Braga, do Flamengo, que saiu do clube no dia 29 de maio.