Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Uefa abre processo disciplinar contra Neymar

Atacante do PSG pode ser suspenso de jogos da próxima Liga dos Campeões por ter reclamado, via redes sociais, da arbitragem na derrota para o United

A Uefa abriu nesta sexta-feira, 22, um processo disciplinar contra o atacante Neymar por “insultos” ao árbitro esloveno Damir Eskomina, que dirigiu a derrota do Paris Saint-Germain para o Manchester United. Na ocasião, o atacante brasileiro, que assistiu à eliminação das tribunas, pois está lesionado, usou as redes sociais para reclamar de um pênalti assinalado com a ajuda do árbitro assistente de vídeo (VAR). Com isso, Neymar corre o risco de ser vários jogos suspenso da próxima edição da Liga dos Campeões.

Este expediente é a continuação lógica da investigação iniciada pela instância disciplinar da Uefa em 13 de março contra a o jogador brasileiro. A Uefa decidirá se Neymar infringiu o artigo 15.d de seu código de disciplina, que estipula que um jogador pode ser punido “com uma suspensão de três jogos ou outro período por insultar um árbitro”. A entidade não definiu a data da audiência.

Neymar, que assistiu ao jogo das arquibancadas do Parque dos Príncipes, em 6 de março, deixou aflorar sua irritação nas redes sociais, depois do árbitro da partida recorrer ao VAR nos acréscimos para marcar um pênalti a favor do Manchester United, que venceu por 3 a 1 e eliminou o PSG nas oitavas de final da Champions. Na ida, os franceses haviam vencido na Inglaterra por 2 a 0.

“Isso é uma vergonha. Ainda colocam quatro caras que não entendem de futebol pra ficar olhando o lance em câmera lenta. Isso não existe. Como o cara vai colocar a mão de costas?”, reclamou o craque, que ainda usou um palavrão, no Instagram.

A jurisprudência de instâncias disciplinares em casos como esse não convida Neymar ao otimismo. Em março de 2015, Serge Aurier, na época lateral do PSG (hoje no Tottenham), foi o primeiro jogador punido pela Uefa por comentários feitos nas redes sociais, recebendo três jogos de suspensão.

Desfalque por lesão contra o Chelsea (assim como Neymar para o PSG-United), o lateral marfinense publicou em sua página no Facebook um vídeo, logo após a classificação parisiense às quartas de final, em que aparece comemorando o resultado e xingando o árbitro. Aurier, porém, pediu desculpas pouco após o incidente, algo que Neymar ainda não fez.