Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcida organizada do PSG protesta e se reúne com jogadores

Torcedores foram ao Parque dos Príncipes reclamar da eliminação diante do Manchester United e cobrar uma mudança de postura dos atletas

O Paris Saint Germain treinou sob protesto de integrantes da torcida organizada do clube no último domingo, 10, no estádio Parque dos Príncipes, na França. De acordo com o jornal francês L’Équipe, mais de 100 de torcedores exigiram explicações aos jogadores depois da eliminação na Liga dos Campeões para o Manchester United.

Tabela completa de jogos da Liga dos Campeões da Europa

O treinamento geralmente ocorre no CT do PSG, mas a atividade foi remarcada para o estádio como uma medida de segurança. Os torcedores se reuniram com o elenco para mostrar indignação com a atuação da equipe na derrota por 3 a 1, em casa, para os ingleses, depois de terem vencido a partida de ida por 2 a 0 no Old Trafford. O jornal local não relatou nenhuma ocorrência de agressão, mas ressaltou o clima tenso do encontro.

Quando os jogadores foram a campo, os torcedores fizeram uma cortina de fumaça, vaiaram e insultaram o elenco de diversas formas. “Nem valor nem honra! Comprem colhões ou vão embora”, foi um dos gritos. Mesmo depois de jogadores como Thiago Silva e Marquinhos dialogarem com os manifestantes, os protestos permaneceram durante todo o treinamento comandado pelo treinador Thomas Tuchel.

A torcida organizada do PSG publicou na última sexta-feira uma nota com muitas críticas à postura da equipe e ao insucesso do time na Liga dos Campeões, mesmo com tanto investimento feito pelo clube em contratações. Segundo o comunicado, a eliminação para o Manchester United foi motivo de ‘vergonha e “humilhação’ e o clube se tornou ‘o motivo de riso da Europa’. “Não iremos mais aceitar que vocês manchem nossas cores e a honra de nossa cidade dessa maneira”, ameaçou a organizada.

(Com Gazeta Press)