Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Tóquio-2020: seleção olímpica é convocada para torneio classificatório

Técnico André Jardine selecionou onze atletas que atuam frequentemente em times brasileiros e que estariam em pré-temporada logo no início de 2020

Por Da Redação - Atualizado em 17 dez 2019, 18h56 - Publicado em 17 dez 2019, 18h35

Nesta segunda-feira 16, o técnico André Jardine anunciou os 23 convocados para defender a seleção brasileira no Torneio Pré-Olímpico, que acontece entre os dias 18 de janeiro e 9 de fevereiro na Colômbia e apontará os dois times da América do Sul classificados para os Jogos de Tóquio-2020. O elenco se apresentará no terceiro dia do ano para a preparação na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro.

Ao todo, onze atletas que atuaram no time profissional durante o Campeonato Brasileiro de 2019 foram chamados, entre eles alguns titulares. Outros nove jogadores de clubes europeus foram lembrados pelo jovem treinador gaúcho. Como o Pré-Olímpico não é uma competição “oficial” para a Fifa (ou seja, realizada fora das datas estipuladas pela entidade máxima do futebol internacional), os clubes não são obrigados a liberar os atletas.

“Os jogadores têm deixado claro com seus clubes que querem estar aqui, querem participar do projeto. Temos tentado contar com bom senso de todos. O Pré-Olímpico não atinge número grande de jogos. A gente tem que defender com unhas e dentes e temos contado com jogadores. É preciso entender quão grande é o projeto para ter uma seleção forte”, disse André Jardine, treinador da seleção olímpica.

Por isso, é provável que Jardine tenha que considerar algumas baixas. Afinal, a disputa acontece em meio a pré-temporada dos clubes brasileiros e no segundo semestre da temporada europeia – o Flamengo, por exemplo, se recusou a liberar o meia Reinier para a seleção que disputou o Mundial Sub-17 pelo fato da competição da Fifa coincidir com a reta final do Brasileirão.

Publicidade

Confira os 23 nomes convocados para disputar o Torneio Pré-Olímpico:

Goleiros
Ivan (Ponte Preta)
Phelipe (Grêmio)
Cleiton (Atlético-MG)

Laterais
Emerson (Real Bétis-ESP)
Guga (Atlético-MG)
Ayrton Lucas (Spartak Moscou-RUS)
Caio Henrique (Fluminense)

Zagueiros
Gabriel (Lille-FRA)
Ibañez (Atalanta-ITA)
Robson Bambu (Athletico-PR)
Walce (São Paulo)

Meias
Matheus Henrique (Grêmio)
Wendel (Sporting-POR)
Bruno Guimarães (Athletico-PR)
Douglas Luiz (Aston Villa-ING)
Igor Gomes (São Paulo)
Reinier (Flamengo)

Atacantes
Gabriel Martinelli (Arsenal-ING)
Matheus Cunha (RB Leipzig-ALE)
Paulinho (Bayer Leverkusen-ALE)
Antony (São Paulo)
Pedrinho (Corinthians)
Yuri Alberto (Santos)

(Com Gazeta Press)

Publicidade