Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

TJD volta atrás e remarca julgamento de Clayson, do Corinthians

Caso seja suspenso, o atacante não enfrentará o São Paulo na decisão do Campeonato Paulista

O TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo) remarcou o julgamento de Clayson para as 10 horas desta quarta-feira, 17, e o atacante pode desfalcar o Corinthians no jogo de volta da final do Campeonato Paulista, contra o São Paulo. A sessão, que a princípio estava marcada para esta segunda, 15, havia sido adiada, mas foi remarcada com consentimento do presidente Antonio Olim.

Tabela completa de jogos do Campeonato Paulista 2019

Clayson será julgado pelo xingamento proferido ao árbitro Rafael Claus, nos vestiários do Pacaembu, após o jogo de semifinal contra o Santos, no último dia 8 de abril. A atitude do jogador de 24 anos foi gravada pelas câmeras da Corinthians TV, que publicou o momento da ofensa no vídeo de bastidores da partida. Assim que o clube teve conhecimento do fato, apagou a postagem e publicou novamente, sem o trecho em questão.

Clayson foi citado no artigo 258, § 2º, II, que condena o atleta que assume “qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras do Código de Justiça Desportivo”. A punição pode ser de uma a seis partidas de gancho, o que impossibilitaria o atacante de atuar na decisão do próximo domingo.

Caso o jogador seja liberado para o clássico, ele reencontrará o árbitro Rafael Claus, que foi escalado pela FPF (Federação Paulista de Futebol) para apitar a final.

O Corinthians recebe o São Paulo no próximo domingo, a partir das 16 horas, em Itaquera. Com o empate sem gols da partida de ida, quem vencer o segundo encontro fica com o título. Uma nova igualdade, independente do resultado, levará a disputa para os pênaltis.