Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tite faz 6 mudanças na seleção para amistoso contra República Checa

O treinador alterou todo o sistema defensivo depois do tropeço contra o Panamá

A seleção brasileira vai enfrentar a República Checa nesta terça-feira, 26, em Praga, com uma formação diferente da que empatou com o Panamá, no sábado, por 1 a 1. O técnico Tite, no treino desta segunda, 25, alterou todo o setor defensivo da equipe, além de ter sacado o volante Arthur, do Barcelona, da formação titular.

Tabela completa de jogos da Copa América 2019

A mudança já era esperada, pois no amistoso de sábado, Tite testou defensores considerados reservas. Agora, então, os titulares voltam ao time para encarar a República Checa, com o goleiro Alisson, do Liverpool, os laterais Danilo, do Manchester City, e Alex Sandro, da Juventus. e os zagueiros Thiago Silva e Marquinhos, do Paris Saint Germain. O treinador também promoveu a entrada do volante Allan, do Napoli, no lugar de Arthur.

Tite, porém, não modificou o setor ofensivo. Philippe Coutinho, do Barcelona, seguirá na formação titular, mesmo após atuação discreta no sábado. Além disso, jovens como Richalison, do Everton, que ocupou a vaga que costuma ser do lesionado Neymar, e Lucas Paquetá, do Milan, autor do único gol brasileiro contra o Panamá, receberão mais uma chance de disputar um amistoso como titulares da seleção.

“A tomada de decisão é feita em cima de um trabalho desenvolvido. Os riscos são inevitáveis, mas é preciso ter coerência. Futebol é fundamentalmente exercício e repetição. Esse é o momento de oportunidade, de repetir Coutinho, Paquetá, Firmino e Richarlison para manter uma certa coerência na estrutura da equipe”, explicou Tite, sobre a alteração defensiva e nova chance aos jogadores de ataque que enfrentaram o Panamá.

Na ausência de Neymar, o Brasil, novamente, terá o volante Casemiro, do Real Madrid, como capitão. A seleção entrará em campo contra a República Checa nesta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), na Eden Arena, em Praga.

A provável escalação da seleção brasileira:

Goleiro: Alisson (Liverpool);
Defensores: Danilo (Manchester City), Thiago Silva (PSG), Marquinhos (PSG) e Alex Sandro (Juventus);
Meias: Casemiro (Real Madrid), Allan (Napoli), Lucas Paquetá (Milan) e Philippe Coutinho (Barcelona);
Atacantes: Richarlison (Everton) e Roberto Firmino (Liverpool)

(Com Estadão Conteúdo)