Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tite explica ausência de Marcelo e não descarta Fernandinho

Treinador ainda citou Paulinho, Renato Augusto e Willian como atletas que não precisam mais de testes. Brasil enfrenta Panamá e República Checa em março

As ausências de alguns “medalhões” chamaram atenção na lista de convocados de Tite nesta quinta-feira, 28. Marcelo, por exemplo, não foi lembrado pelo técnico da seleção brasileira , que preferiu chamar Alex Sandro e Filipe Luís para a lateral esquerda.

Em entrevista depois da convocação, na sede da CBF, no Rio, Tite explicou por que não convocou o jogador do Real Madrid, que caiu de produção na atual temporada, além de Fernandinho, Willian, Paulinho, Renato Augusto e Douglas Costa, todos levados para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

“Eu sei o que o Willian me dá, o que o Fernandinho me dá, o que o Renato me dá, o que o Paulinho me dá. Já tenho esse diagnóstico. Sei o que o Marcelo me dá. Eu tenho três laterais do mais alto nível, excepcionais”, declarou.

“Claro que tenho uma ideia clara da equipe, mas todos esses atletas já são conhecidos. Agora, dou a oportunidade a alguns outros para competir de forma leal”, acrescentou Tite, que garantiu não ter uma lista fechada para a Copa América, que será disputada entre 14 de junho e 7 de julho.

“Ela não está fechada. Tenho minhas manias, mas também tenho uma comissão técnica que faz bastante contraponto. A única coisa que peço é que eles venham com argumentos profundos para contrapor. E nisso está desempenho, mas o grupo não está fechado”, frisou.

Questionado sobre Fernandinho, Tite elogiou seu desempenho no Manchester City e não descartou sua presença na relação final para a Copa América. O volante não foi convocado desde a eliminação no Mundial da Rússia. Atualmente, ele se recupera de uma lesão muscular.

“A respeito de Fernandinho, ele tem toda uma situação de estar de corpo e alma voltado à seleção brasileira. Vai ser no momento final sua decisão, mas não está descartado. Não descarto nem o jovem nem o cara que está há mais tempo rodado”, concluiu Tite.

Antes da convocação para a Copa América, o Brasil tem dois amistosos. Em 23 de março, a Seleção encara o Panamá, na cidade do Porto. Três dias depois, o adversário será a República Checa, em Praga.