Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Tite diz que cusparada pesou para não convocar Douglas Costa

Treinador revelou também que Lucas Paquetá e Dedé estariam na lista caso não estivessem disputando a Copa do Brasil

Por Da redação 21 set 2018, 13h02

Uma das novidades da convocação de Tite para os próximos amistosos da seleção brasileira, marcados para outubro na Arábia Saudita, foi a ausência de Douglas Costa, da Juventus. O treinador afirmou que a cusparada de Douglas no rosto de Di Francesco, do Sassuolo, na última rodada do Campeonato Italiano, pesou em sua escolha. Para o setor, Tite chamou Malcom, Richarlison e Éverton.

“Todos os atletas da seleção que foram à Copa estão habilitados a voltar. As oportunidades vão surgindo e o desempenho é que dirá. Douglas Costa não foi convocado por dois fatores: a lesão e o incidente, ou melhor, o ato de indisciplina”, afirmou Tite, em coletiva de imprensa concedida nesta sexta-feira, na sede da Confederação Brasileira de Futebol.

  • Douglas Costa se desentendeu com Di Francesco e primeiro recebeu cartão amarelo ao dar uma cotovelada e uma cabeçada no adversário. Já nos acréscimos, o atacante gaúcho deu a cusparada no rosto do rival, foi flagrado pelo VAR e, na sequência, expulso de campo.

    Dias depois, foi anunciada sua suspensão de quatro jogos do Campeonato Italiano. Para piorar a situação, Douglas ainda sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo, além de uma distensão no músculo adutor da coxa direita, na última quarta-feira, contra o Valencia, na Espanha.

    Paquetá e Dedé estariam na lista

    Na mesma entrevista, Tite reconheceu que jogos da seleção em meio a campeonatos nacionais não são o ideal, e revelou uma conversa com dirigentes da CBF para tentar mudar isso para o próximo ano. “Ontem eu, o Rogério (Caboclo, diretor executivo de gestão e futuro presidente da CBF) e o Edu (Gaspar, coordenador de seleções) conversamos sobre isso. Há uma mobilização, e não quero entrar no rol de cada um, por parte da Fifa, da Conmebol, da CBF e dos clubes para que haja uma equalização melhor de datas”, declarou.

    Devido as semifinais da Copa do Brasil, Tite deixou de convocar atletas de Palmeiras, Corinthians, Flamengo e Cruzeiro, que seguem na disputa. Ele citou o lateral corintiano Fagner, que chegou a ser chamado para os amistosos diante de El Salvador e Estados Unidos, mas acabou cortado por lesão, e disse que “certamente” o cruzeirense Dedé e o flamenguista Lucas Paquetá seriam chamados novamente caso não estivessem envolvidos nestes mata-matas da competição nacional.

    Os 23 convocados da Seleção Brasileira se reúnem para treinos nos dias 8, 9 e 10 de outubro, já visando os dois amistosos que farão na sequência. No dia 12, o adversário será a própria Arábia Saudita, no King Saud University, enquanto, no dia 16, a Amarelinha encara a Argentina, no King Abdullah Sports City. Ambas as partidas tem início previsto para as 15h (no horário de Brasília).

    (com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade