Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Tite deve repetir escalação de amistoso na estreia do Brasil na Copa

A única vez em que o técnico repetiu a escalação foi em seus dois primeiros jogos no comando da equipe, ainda em 2016

Por Da Redação - 15 jun 2018, 10h00

O técnico Tite deverá repetir a escalação do amistoso contra a Áustria na estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo, domingo (17), às 15h, contra a Suíça. Nesta quinta-feira (15), o comandante não escondeu a formação da imprensa e deve ir a campo com Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo de 2018

A única vez em que Tite repetiu a escalação foi em seus dois primeiros jogos no comando da seleção brasileira, ainda em 2016, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. Na ocasião, o time que venceu o Equador por 3 a 0 foi o mesmo que superou a Colômbia por 2 a 1: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus.

Do time que iniciou a trajetória de Tite na seleção para este que deve estrear na Copa do Mundo da Rússia há três mudanças. Em decorrência da lesão de Daniel Alves, Danilo assumiu a lateral-direita. Marquinhos deu lugar a Thiago Silva, seu companheiro no Paris Saint-Germain, enquanto Renato Augusto acabou saindo de cena para a entrada de Coutinho, mais centralizado.

Apesar de o time ideal para a estreia do Brasil na Copa ser composto por quatro jogadores de ataque e contar com apenas dois meio-campistas de características mais defensivas, o técnico Tite não deverá manter seu esquema intacto independentemente da partida que terá pela frente. Conta seleções de maior expressão, a tendência é que o Brasil jogue com três volantes.

Publicidade

Um exemplo disso foi o amistoso de março contra a Alemanha, em Berlim. Na ocasião, Tite foi a campo com Casemiro, Fernandinho e Paulinho, este com mais liberdade para chegar ao ataque. Dias antes, contra a Rússia, a seleção brasileira iniciou a partida com apenas dois volantes (Casemiro e Paulinho), com Douglas Costa no lugar de Fernandinho.

Resta saber se haverá outras variações além de três volantes ou quatro jogadores de ataque. Uma das possibilidades é a presença de Firmino ao lado de Gabriel Jesus, uma vez que o jogador do Liverpool não é visto como alguém que possui exatamente as mesmas características de seu concorrente de posição. Como o técnico Tite vem fechando todos os treinamentos que pode antes da estreia no Mundial, a resposta só será dada no decorrer do torneio.

(Com Gazeta Press)

Publicidade