Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Thiago Motta (PSG) atropela torcedor em protesto contra goleada

Carro de brasileiro aparece batendo em torcedor, em Paris, que protestava após goleada sofrida pelo PSG

Por Da redação - Atualizado em 9 mar 2017, 15h03 - Publicado em 9 mar 2017, 15h01

A derrota do PSG para o Barcelona, por 6 a 1, causou a eliminação do time da Liga dos Campeões e teve efeitos ruins fora de campo. Um torcedor que foi ao aeroporto Le Bourget, em Paris, para protestar contra os jogadores do Paris Saint-Germain foi atropelado pelo volante brasileiro, Thiago Motta. O torcedor foi internado no hospital de Saint-Denis com ferimentos leves nas costas, após ser atingido pelo carro do brasileiro naturalizado italiano, segundo a emissora de rádio francesa RMC Sport. A  BFMTV, também da França, confirmou o acidente.

Cerca de 30 torcedores se deslocaram de madrugada ao aeroporto para esperar a delegação. Eles insultaram os jogadores e tentaram danificar seus carros. Os policiais precisaram da ajuda dos seguranças particulares do clube para conter os manifestantes.

Depois de acertarem o veículo do zagueiro Marquinhos, parte do grupo rodeou o de Thiago Motta, que estava acompanhado da mulher. Em vídeo divulgado pela BFMTV, o carro do brasileiro aparece tocando a perna de um dos torcedores

Publicidade

(com EFE)

Publicidade