Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Thiago admite falha; Cruzeiro explorou pressão sobre goleiros

Após ganhar posição do criticado Muralha, jovem goleiro do Flamengo errou no gol de Arrascaeta que garantiu empate na final da Copa do Brasil

O goleiro Thiago, do Flamengo, deixou o Maracanã desolado após o empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil de 2017, na noite desta quinta-feira. O jogador de apenas 21 anos, que ganhou a posição do criticado Alex Muralha, falhou no gol de De Arrascaeta ao dar rebote em um chute defensável do volante Hudson. Após a partida, o jovem goleiro encarou os microfones e admitiu.

“Era um chute de fora da área e eu errei, assumo, foi falha minha. Jogando no Flamengo, não se pode tomar um gol desse. Mas acontece. Agora é cabeça erguida para o segundo jogo”, disse Thiago ao Sportv.

O jogador recebeu o apoio dos companheiros, como o zagueiro Réver. “Realmente a gente não imaginava que o Thiago ia soltar aquela bola. Mas ele não pode ser considerado culpado, já que nós também deixamos o Hudson chutar de fora da área”, analisou um dos líderes do elenco.

Diego ressaltou uma grande defesa feita pelo goleiro em chute de Alisson. “O que vou guardar do jogo do Thiago foi a defesa magistral que ele fez, num momento importantíssimo. Estamos juntos independente de qualquer situação. É um grande goleiro e temos total confiança nele”, disse o meia.

Thiago Neves, do Cruzeiro, admitiu que o clube mineiro se aproveitou do momento conturbado do rival. “A gente já sabia que a pressão sobre os goleiros do Flamengo seria grande e comentamos durante a semana para explorarmos isso.”

O jogo de volta acontece em 27 de setembro, no Mineirão, em Belo Horizonte, e o técnico Reinaldo Rueda terá de decidir se dará nova chance a Thiago ou optará pelo retorno de Alex Muralha. Diego Alves, contratado para ser titular, não está inscrito na Copa do Brasil.

(com Gazeta Press)