Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico nega falta de ritmo em derrota do Athletico para o Tolima

Na estreia da Copa Libertadores, o Athletico-PR jogou pela primeira vez no ano com os titulares

Disputando o Campeonato Paranaense com jogadores da base, o Athletico-PR fez nesta terça-feira, 5, na estreia do clube na Copa Libertadores, sua primeira partida oficial com a equipe titular na temporada 2019. O resultado, porém, decepcionou a torcida. Na Colômbia, a equipe foi derrotada pelo Deportes Tolima por 1 a 0. O técnico Tiago Nunes negou ter faltado ritmo de jogo ao time durante o duelo.

“Não dá para colocar a culpa da derrota no ritmo de jogo. Iniciamos bem, mas demorando a entender o estilo da Libertadores. Tivemos muita dificuldade em duelos individuais. O Tolima soube usar muito bem o contra-ataque e a bola parada, tanto que o gol da vitória acabou saindo em uma jogada pelo alto. Mas vamos corrigir esses erros e o resultado acaba servindo como aprendizagem para a sequência do torneio”, ponderou o treinador.

O atacante Rony seguiu a linha do técnico e deixou claro que o ritmo não foi crucial na derrota desta terça-feira. “É sempre importante jogar partidas oficiais para pegar ritmo de jogo, mas fizemos amistosos para se preparar para Libertadores. Então não faltou ritmo. Estávamos preparados, mas o resultado acabou não vindo. Agora é treinar e corrigir as falhas para a próxima partida”, afirmou.

Veja a tabela e classificação da Copa Libertadores

Em partida realizada no estádio Manuel Murrilo Tolo, na cidade colombiana de Ibagué, o Tolima venceu com gol marcado aos 29 minutos. Em cobrança de falta de González, Santos defendeu, mas no rebote Banguero colocou no fundo das redes.

O Athletico-PR vai buscar a recuperação na Libertadores no próximo dia 14 (quinta-feira), às 21 horas, diante do Jorge Wilstermann, da Bolívia, na Arena da Baixada, em Curitiba. O outro jogo da chave, entre Jorge Wilstermann e Boca Juniors, na Bolívia, terminou empatado em 0 a 0.