Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Técnico Eduardo Baptista pede demissão do Sport

Em 40 dias de trabalho, ele conseguiu apenas uma vitória em oito jogos

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 24 set 2018, 13h49 - Publicado em 24 set 2018, 13h46

Eduardo Baptista não é mais técnico do Sport. Após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras na noite de domingo, na Ilha do Retiro, em Recife, o treinador se reuniu com a diretoria do clube pernambucano na manhã desta segunda-feira e pediu para deixar o cargo.

Com apenas 40 dias de trabalho, ele deixou o Sport com apenas uma vitória em oito jogos, aproveitamento de 16,7%, e com o time na penúltima posição do Campeonato Brasileiro. O auxiliar técnico Gustavo Bueno também deixou o clube.

  • Contratado no dia 15 de agosto, após a derrota por 3 a 1 do Sport para o São Paulo, Eduardo Baptista chegou em Pernambuco para substituir Claudinei Oliveira e logo precisou conviver com problemas financeiros, salários atrasados e desentendimentos internos – em setembro, Michel Bastos e Fellipe Bastos postaram uma foto polêmica nas redes sociais e foram afastados.

    O Sport está quatro pontos atrás da Chapecoense, último time fora da zona do rebaixamento, em 16º lugar, mas que terá a chance de se distanciar mais do nesta segunda-feira, quando recebe o Fluminense, às 20 horas, na Arena Condá, em Chapecó. O Vasco, por sua vez, é o 18º colocado, com 25 pontos, e também joga nesta noite, no mesmo horário, contra o Bahia, em São Januário.

    No próximo domingo, às 16 horas, o desafio do Sport será contra o Atlético-MG no Independência, às 16 horas, pela 27ª rodada da competição. A diretoria do clube pernambucano ainda vai confirmar quem assume de forma interina o elenco enquanto tenta acertar a contratação de um novo treinador.

    Continua após a publicidade
    Publicidade