Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico do PSG diz que Neymar está triste: ‘É fácil julgá-lo de fora’

Thomas Tuchel disse que agressão a torcedor foi um "grande erro", mas elogiou a postura de seu principal jogador

O técnico Thomas Tuchel, do Paris Saint Germain, saiu em defesa de Neymar nesta sexta-feira, 3, dias depois das críticas que o brasileiro sofreu com a perda do título da Copa da França e, sobretudo, por causa da agressão a um torcedor durante a entrega das medalhas. O alemão disse que Neymar precisa de compreensão.

Tabela completa de jogos do Campeonato Francês 2019

“Ele está triste. Este falatório ao redor tem grande influência sobre ele. Só posso dizer que conheci uma pessoa que é fácil criticar de fora e quando você conhece ele internamente, no cara a cara, quando ele está aberto e há uma confiança, você conhece uma pessoa totalmente diferente do que a maioria das pessoas pensam de fora”, disse Tuchel.

Neymar se envolveu em uma confusão no último sábado, quando o PSG perdeu a Copa da França para o Rennes, nos pênaltis. O brasileiro foi provocado quando subia para receber a premiação, ficou irritado e deu um soco em um torcedor. O incidente foi flagrado e o vídeo viralizou nas redes sociais.

“É difícil, mas se for possível, ele deve mostrar a todos de fora a pessoa que ele realmente é. Ele não fala com muita gente do jeito que ele realmente é. É fácil culpá-lo, é fácil falar mal dele. Sabemos que (a agressão) foi uma reação que não queríamos, claro. Não combina com ele, não é do nosso time. Foi um grande erro”, completou o treinador.

A Federação Francesa de Futebol (FFF, na sigla em francês) anunciou, nesta sexta, que abriu uma investigação contra Neymar pela agressão ao um torcedor. O atacante pode receber uma suspensão de três a oito jogos, segundo a imprensa local, pela agressão. Ele também está suspenso da metade dos jogos da fase de grupos da próxima edição da Liga dos Campeões, por ter xingado árbitros em suas redes sociais.

(Com Estadão Conteúdo)