Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico da Guatemala disse não ter votado em Mascherano

Treinador teve seu voto computado de maneira correta na lista

Erros acontecem em uma lista tão ampla e complexa que erros acontecem. Neste ano, os votos do treinador da Guatemala foram computados de forma errado.

Segundo Iván Sopegno, ex-treinador da seleção guatemalteca, que votou em nome da seleção, seu voto de melhor do mundo foi para Lionel Messi, e não Javier Mascherano, como aparece na lista.

“Me chamava a atenção, pois não votei em Mascherano. Votei em Messi, o melhor jogador do mundo. O que acontece é que fizeram muitas perguntas na enquete, melhor gol, melhor volante, e, entre elas, coloquei Mascherano. Tinha que responder muitas questões. Deve ter sido um erro da secretaria da Federação ao digitar, algo assim. Meu voto foi Messi, James, Rodríguez e Crsitiano Ronaldo”, disse o treinador.

O capitão da Guatemala, Carlos Ruiz, deu seu voto na mesma ordem do treinador na lista oficial, aumentando as suspeitas de uma repetição involuntária. Além do voto atribuído ao treinador guatemalteco e do capitão da seleção, Mascherano foi eleito melhor do mundo pelos capitães da Mauritânia e da Noruega, além do representante da mídia do Fiji.

Veja a lista completa como votos para melhor do mundo