Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sete memoráveis Corinthians x Atlético-MG em Brasileiros

Clubes já decidiram o Brasileirão em 1999

Corinthians e Atlético-MG farão o jogo mais esperado da 14ª rodada amanhã, na Arena Corinthians, às 21h. Líder do Brasileirão, o Galo tem 3 pontos de vantagem sobre o rival paulista, que ocupa a 3ª colocação e não perde há 5 partidas.

Em Brasileiros, os clubes já proporcionaram grandes espetáculos, incluindo a decisão do campeonato de 1999, que deu o bicampeonato ao Corinthians. Até hoje, desde 1971, as equipes já se enfrentaram 54 vezes, com 24 vitórias do time paulista, 14 empates e 16 vitórias do Galo (70 gols do Corinthians e 59 do Atlético-MG). Destes confrontos, selecionamos sete marcantes na história do clássico alvinegro:

Corinthians 2 x 1 Atlético-MG (Pacaembu)

24/11/1990 – Quartas de final

No primeiro jogo do mata-mata, o Galo abriu o placar aos 15 do 1º tempo. Mas no final do jogo, Neto, inspirado, marcou duas vezes (aos 30 e aos 40 do 2º tempo) e garantiu a vitória de virada do Corinthians, que a partir daí embalou no campeonato até o título contra o São Paulo. No jogo de volta, no Mineirão, houve empate de 0 x 0 diante de 62 mil pessoas.

Atlético-MG 3 x 2 Corinthians (Mineirão)

7/12/1994 – Semifinal

No Mineirão lotado (82 938 pagantes), Atlético e Corinthians fizeram um jogo emocionante pela primeira partida da semifinal. Reinaldo abriu o placar para o Galo aos 24 do 1º. O lateral-esquerdo Branco empatou para o time paulista aos 43 minutos, ainda do 1º tempo. Na segund etapa, Marcelinho Carioca virou para o Corinthians, aos 12 minutos. Mas o atacante Reinaldo, em grande noite, virou o jogo com gols aos 22 e aos 43 minutos. Na partida de volta, porém, o Corinthians ganhou por 1 x 0, gol de Branco, e se classificou para a final.

Corinthians 0 x 4 Atlético-MG (Maracanã)

31/10/1999 – 2º turno

Pouco antes dos mata-matas, Corinthians e Atlético-MG se enfrentaram no Maracanã. O Corinthians, que cumpria suspensão, levou o jogo para o Rio de Janeiro e se deu mal. No primeiro tempo, Robert e Guilherme, deixaram o Galo na frente. Na segunda etapa, o placar se repetiu, com gols de Guilherme e Lincoln. O 4 x 0 não mudou muito a situação do campeonato, mas registrou a maior goleada do Galo sobre o rival em brasileiros.

Corinthians 2 x 0 Atlético-MG (Morumbi)

19/12/1999 – Final

Campeão de 1998, sobre o Cruzeiro, o Corinthians, de Luxemburgo, teve outro rival mineiro na decisão. No primeiro jogo da final (disputada numa melhor de três partidas), deu Galo: 3 x 2, no Mineirão, com 3 gols de Guilherme. No segundo jogo, no Morumbi, foi a vez de brilhar a estrela de Luizão, que marcou os dois gols e devolveu a vantagem para o Corinthians. Na terceira partida, também no Morumbi, o Corinthians segurou o empate e sagrou-se bicampeão.

Atlético-MG 2 x 6 Corinthians (Mineirão)

24/11/2002 – Quartas de final

Diante de quase 80 mil pessoas, o Corinthians deu um passeio no Atlético-MG no primeiro jogo das quartas de final, em pleno Mineirão. O time paulista, comandado por Parreira, abriu 2 x 0, com gols de Gil e Deivid, mas o Galo buscou o empate ainda no primeiro tempo, com Mancini e Michel. Na segunda etapa, porém, só deu Corinthians. Deivid marcou mais três vezes (aos 7, 28 e 41) e Gil outra vez (aos 9), na maior goleada do confronto. No jogo de volta, em São Paulo, deu Corinthians novamente, que acabou se classificando para a final.

Atlético-MG 5 x 2 Corinthians (Mineirão)

29/8/2007 – 2ª turno

No ano em que foi rebaixado no Brasileirão, o Corinthians sofreu na mão do Atlético. No Mineirão, o Galo aproveitou a má fase do time paulista e enfiou 5 x 2. Vanderlei, Danilinho e Marquinhos abriram 3 x 0 no 1º tempo. Na segunda etapa, Vanderlei fez 4 x 0, aos 10 minutos. Mas Finazzi e Clodoaldo descontaram para o Corinthians. Porém, Éder Luís, aos 27 minutos, acabou com a reação corintiana e fechou o placar.

Corinthians 2 x 1 Atlético-MG (Pacaembu)

20/11/2011 – 36ª rodada

Na antepenúltima rodada do Brasileirão de 211, o Corinthians brigava pelo título com o Vasco ponto a ponto. Para não perder a liderança, o alvinegro precisava vencer o Atlético-MG e seguir na ponta (o Vasco havia vencido o Avaí no dia anterior). No Pacaembu lotado (35 011 pagantes), o Corinthians saiu atrás, com um gol de zagueiro Leonardo Silva, aos 9 do 2º tempo. Bem depois, aos 32 minutos, Liédson empatou para o time paulista. Mas aos 43 minutos, o atacante Adriano, que havia entrado no lugar de Willian, marcou um belo gol e encaminhou o Timão ao penta brasileiro.