Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sergio Ramos faz ‘autoentrevista’ no Twitter sobre crise do Real Madrid

Capitão da equipe disse ter errado 200% ao forçar cartão contra o Ajax e negou problemas como o presidente Florentino Pérez e com o "irmão" Marcelo

Sergio Ramos utilizou suas redes sociais nesta segunda-feira, 1, para comentar sobre a crise do Real Madrid, eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa e distante da liderança do Campeonato Espanhol, e sobre as recentes polêmicas na qual se envolveu.

Em uma “autoentrevista”, o capitão respondeu sete perguntas e admitiu ter errado ao forçar cartão amarelo que o suspendeu da partida contra o Ajax e minimizou um desentendimento que teve com o brasileiro Marcelo. “Temos trocas de ideais em todos os treinamentos. Faz parte do trabalho com tensão, mas é uma mera anedota do dia a dia. Marcelo é como um irmão”, escreveu.

Sergio Ramos se mostrou arrependido por ter forçado o cartão amarelo, admitido (e depois negado), após a vitória por 2 a 1 sobre o Ajax, em Amsterdam. Sem ele, o time perdeu por 4 a 1 no jogo de volta, no Bernabéu. “Foi um erro total e eu assumo 200%”. O veterano ainda foi criticado por ter gravado parte do documentário da Amazon sobre sua vida justamente nos camarotes do Bernabéu, no dia da eliminação.

“Há compromissos adquiridos e não pensei nem remotamente que a partida pudesse se desenvolver assim. A gravação foi decrescendo ao longo da partida”, explicou, no Twitter, com posts em espanhol e em inglês.

Além disso, Sergio Ramos negou ter se desentendido com o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez. “As coisas do vestiário são faladas e resolvidas lá. Não há problema e apenas um interesse de todos, o Real Madrid”, escreveu o zagueiro, que também comentou, ainda que superficialmente, a situação do técnico Santiago Solari.

“É uma decisão que não nos corresponde e na qual nunca interferimos. Temos um enorme respeito pela posição e apoiamos sempre o treinador do Real Madrid”, afirmou Sergio Ramos, que admitiu responsabilidade na crise do time. “Os jogadores são os maiores responsáveis e eu, como capitão, mais.”

Vencedor das três edições anteriores da Liga dos Campeões, o Real Madrid foi recentemente eliminado do torneio nas oitavas de final e também caiu nas semifinais da Copa do Rei. O time é apenas o terceiro colocado no Campeonato Espanhol, a 12 pontos do líder Barcelona. No fim de semana, o time goleou o Valladolid por 4 a 1.

(com Estadão Conteúdo)