Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem piscar o olho: a história dos 4 melhores jogos da última temporada europeia

Quatro jogos eletrizantes que agitaram a Europa no último ano

Karlsruher 1 x 2 Hamburgo

1º/6/15 – Wildparkstadion, Karlsruhe

A permanência do Hamburgo na primeira divisão alemã foi para lá de dramática no play-off com o Karlsruher, que disputou a Bundesliga2.

O Hamburgo perdia por 1 x 0, até que Diaz, de falta, empatou no último minuto. Como o primeiro jogo havia sido também 1 x 1, houve prorrogação. Nicolai Müller colocou o Hamburgo em vantagem, aproveitando passe do brasileiro Cléber (ex-Corinthians e Ponte Preta).

A dose a mais de drama veio no final da prorrogação, quando o goleiro René Adler defendeu um pênalti e manteve o Hamburgo na condição de único time não rebaixado desde a criação da Bundesliga, em 1962.

Olympique M. 3 x 5 Lorient

24/4/2015 – Vélodrome, Marselha

A quatro rodadas para o final do Francês, o Olympique dava sinais de falta de fôlego. O time de El Loco Bielsa, que havia liderado o campeonato por 14 rodadas seguidas, precisava vencer para pelo menos ficar na zona classificatória para os torneios continentais.

Já o Lorient lutava para fugir da degola. Em casa, o OM partiu para cima, mas o Lorient fez 2 x 0 em 15 minutos. O Olympique empatou. A equipe visitante fez 3 x 2 e o time de Bielsa igualou novamente o placar. Mas, em dois contra-ataques, o Lorient matou o jogo. Ao final da Ligue 1, o OM ficou em quarto lugar e vai para a Liga Europa. O Lorient terminou em 16º e evitou a queda.

Real Madrid 7 x 3 Getafe

23/5/15 – Santiago Bernabéu, Madri

O Real Madrid perdeu o título, mas não deixou de mostrar na última rodada do Espanhol por que é um dos ataques mais poderosos do mundo. Em cabeçada estilosa, Cristiano Ronaldo abriu o placar. O Getafe virou, em pleno Santiago Bernabéu. Mas CR7, de falta e depois, de pênalti, colocou o Real novamente em vantagem. O visitante igualou ainda no primeiro tempo: 3 x 3.

No segundo, o time merengue deslanchou. Logo aos 2 minutos, Chicharito ampliou. James Rodríguez, em cobrança magistral de falta, Jesé e Marcelo selaram o massacre do Real.

A goleada contribuiu para os 118 gols merengues em La Liga, oito a mais que o campeão Barcelona.

Everton 3 x 6 Chelsea

30/8/2014 – Goodison Park, Liverpool

O gol de Diego Costa a menos de 1 minuto já deu mostras do que seria o confronto. Aos 3 minutos, o Chelsea vencia por 2 x 0, gol de Ivanovic, com assistência de Ramires.

O Everton conseguiu conter o bombardeio do time londrino e Mirallas diminuiu aos 45 do primeiro tempo. A etapa final seria ainda mais quente: quando o Everton pressionava, sofreu um gol contra de Coleman, aos 22, em linda jogada de Hazard. Naismith marcou e o Everton encostou novamente: 3 x 2.

Matic de fora da área aumentou para os Blues. Aos 30, Eto’o marcou de cabeça: 4 x 3. Daí em diante, os brasileiros Ramires e Diego Costa fecharam a conta.