Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem Marta, Fifa indica 10 candidatas a melhor do mundo

Nenhuma brasileira entrou na lista do prêmio 'The Best' de 2017

A brasileira Marta, atualmente no Orlando Pride, dos Estados Unidos, ficou fora da lista divulgada nesta quinta (17) de indicadas para o troféu The Best da Fifa. Esta é apenas a segunda vez desde 2004 que a camisa 10 da seleção não está entre as dez primeiras colocadas ao prêmio que elege a melhor do mundo. A primeira foi há dois anos, quando a atacante americana Carli Lloyd, atual detentora do título, levou a melhor.

Marta foi eleita pela Fifa a melhor jogadora do mundo cinco vezes, em 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010. Além disso, foi vice em 2005, 2011, 2012, 2014 e 2016, e terceira colocada em 2004 e 2013. Carli Lloyd, que começou o ano no Houston Dash, dos Estados Unidos, e hoje está no Manchester City, da Inglaterra, está entre as finalistas. Se conquistar o tri, vai se igualar à ex-atacante alemã Birgit Prinz.

A única representante sul-americana entre as dez melhores do mundo em 2017 é a atacante venezuelana Deyna Castellanos, que defende o Santa Clarita Blue Heat, de liga secundária dos Estados Unidos.

O público poderá votar na jogadora preferida a partir de 21 de agosto, por meio do site da Fifa. A vencedora, eleita por técnicos de seleções, capitãs e profissionais da imprensa, será premiada em 23 de outubro, durante cerimônia de gala que acontecerá em Londres, na Inglaterra.

Veja a lista das 10 indicadas

  • Carly Lloyd (Manchester City-ING) – Estados Unidos
  • Deyna Castellanos (Santa Clarita Blue Heat-EUA) – Venezuela
  • Dzsenifer Marozsán (Lyon-FRA) – Alemanha
  • Jodie Taylor (Arsenal-ING) – Inglaterra
  • Lieke Martens (Barcelona-ESP) – Holanda
  • Lucy Bronze (Manchester City-ING) – Inglaterra
  • Pernille Harder (Wolfsburg-ALE) – Dinamarca
  • Samantha Kerr (Sky Blue-EUA) – Austrália
  • Vivianne Miedema (Arsenal-ING) – Holanda
  • Wendie Renard (Lyon-FRA) – França

(com EFE)