Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São Paulo quase alcança recorde negativo na Libertadores

Tricolor teve sete expulsões na Libertadores deste ano

Sete! Esse foi o número de expulsões que o São Paulo teve na disputa da Copa Libertadores de 2016. Esse foi um recorde para o Tricolor e quase que de toda a história da competição.

Os sete vermelhos vieram em 14 jogos, considerando, claro, a primeira fase, chamada de pré-Libertadores. O recorde do torneio são oito expulsões em uma única temporada, que se repetiu em três oportunidades.

O Estudiantes-ARG, campeão da Libertadores em 1968, teve oito expulsões em 16 jogos. Já o Nacional-URU, teve oito vermelhos em oito partidas na edição de 2004. Por fim, o recordista na média, foi o Oriente Petrolero-BOL, na edição de 1998, que teve as mesmas oito expulsões em apenas seis jogos.

O São Paulo foi a equipe menos “fair-play” nesta edição da Copa Libertadores. Além das oito expulsões, o clube recebeu 41 cartões amarelos em todo o torneio. Três dessas expulsões vieram na fase semifinal. Uma no primeiro jogo, com o zagueiro Maicon, após empurrar um adversário fora do lance, e duas do segundo jogo, com o zagueiro Lugano e o volante Wesley, ambos por reclamação.