Clique e assine a partir de 8,90/mês

São Paulo goleia e sobrevive na Copa Libertadores

Calleri marcou quatro; João Schimidt e Kelvin marcaram um cada

Por Redação PLACAR - Atualizado em 8 mar 2017, 15h08 - Publicado em 5 abr 2016, 23h34

Jogando no Morumbi pela primeira vez nesta edição da Copa Libertadores, o São Paulo recebeu o Trujillanos e goleou por 6 x 0, com destaque para o argentino Calleri, que marcou quatro vezes. Com isso, o Tricolor fez sua maior goleada na história da Libertadores e a maior goleada da atual edição.

No começo do jogo, o São Paulo até sofreu um susto, mas foi muito superior ao rival. Logo com 12 minutos da primeira etapa, Michel Bastos cruzou da direita e encontrou Calleri, próximo da marca do pênalti. O argentino contou com a falha na marcação e, de cabeça, fez 1 x 0.

Aos 17, ainda na primeira etapa, foi a vez de Mena cruzar da esquerda e encontrar Kelvin na área. O atacante cabeceou e o goleiro Héctor Pérez defendeu. No rebote, Kelvin chutou forte e cruzou a linha, apesar de um zagueiro tentar salvar. 2 x 0 para o São Paulo.

Aos 24, o São Paulo fez o gol mais bonito até então João Schmidt tocou na esquerda, Mena deixou passar, Ganso tocou de primeira para o meia e encontrou João Schmidt, que estava dentro da área e chutou no canto do goleiro venezuelano.

Logo no começo da segunda etapa, o São Paulo teve um pênalti a seu favor aos 3 minutos, quando após cobrança de escanteio, Paez derrubou Calleri dentro da área. Na cobrança, aos quatro minutos, o argentino cobrou no canto direito do goleiro e ampliou para o Tricolor.

Continua após a publicidade

Aos 33, o Trujillanos saiu jogando errado, Calleri roubou a bola, invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro venezuelano. O próprio Calleri foi para a cobrança aos 34, bateu no canto direito, viu o goleiro Pérez fazer a defesa. Mas no rebote (goleiro espalmou para dentro a área), o argentino marcou.

Aos 41, Lucão afastou a bola do campo de defesa com um chutão e encontrou Calleri, que sozinho, partiu em velocidade, e tocou na saída do goleiro Pérez.

Com o resultado, o São Paulo chegou aos cinco pontos e assumiu a segunda posição no grupo 1, com um jogo a mais que o River Plate, mas com um saldo de gols melhor.

Veja os detalhes do jogo

Veja a tabela e classificação da Copa Libertadores

Continua após a publicidade
Publicidade