Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São Paulo é único clube da série A que não venceu com visitante em 2016

Inter, Cruzeiro e Chapecoense ainda não perderam como visitantes

Dos 20 clubes que disputa a série A do Campeonato Brasileiro em 2016, apenas um não venceu como visitante nesta temporada em jogos oficiais. O São Paulo fez nove partidas como visitante, empatou sete e perdeu duas.

A estreia do São Paulo na temporada, contudo, em partida amistosa, foi no Defensores del Chaco, contra o Cerro Porteño, e no Paraguai o Tricolor venceu por 1 x 0. Contudo, iniciada a temporada, o time não venceu uma partida sequer como visitante.

Outras três equipes vivem situações parecidas, com apenas uma vitória fora de casa. O Vitória, que fez apenas quatro partidas como visitante, venceu o Bahia como visitante. O América-MG, que dos 20 clubes, tem a pior campanha geral como visitante, também venceu apenas uma. Já o Inter fez sete jogos como visitante e venceu apenas uma. Todavia, foram seis empates. Assim, apesar de ser um dos que menos vencem fora e casa, o Inter é um dos três invictos fora de casa.

Os outros dois invictos são justamente aqueles que têm as melhores campanhas como visitantes no ano. Chapecoense e Cruzeiro, que não perderam fora de casa.

Veja as melhores campanhas dos 20 clubes da série A do Campeonato Brasileiro fora de casa

Chapecoense – 6 Jogos, 5 vitórias, 1 empate, 0 derrota – 9 gols
pró, 3 gols contra (88,9% de aproveitamento)

Cruzeiro – 5 Jogos, 4 vitórias, 1 empate, 0 derrota – 6 gols
pró, 2 gols contra (86,7% de aproveitamento)

Grêmio – 9 Jogos, 5 vitórias, 2 empates, 2 derrotas – 19 gols
pró, 12 gols contra (63% de aproveitamento)

Flamengo – 8 Jogos, 5 vitórias, 0 empate, 3 derrotas – 12 gols
pró, 4 gols contra (62,5% de aproveitamento)

Botafogo – 6 Jogos, 3 vitórias, 2 empates, 1 derrota – 6 gols
pró, 3 gols contra (61,1% de aproveitamento)

Corinthians – 8 Jogos, 4 vitórias, 2 empates, 2 derrotas – 13
gols pró, 8 gols contra (58,3% de aproveitamento)

Fluminense – 7 Jogos, 3 vitórias, 2 empates, 2 derrotas – 11
gols pró, 12 gols contra (52,4% de aproveitamento)

Atlético-MG – 8 Jogos, 3 vitórias, 3 empates, 2 derrotas – 8
gols pró, 5 gols contra (50% de aproveitamento)

Atlético-PR – 10 Jogos, 4 vitórias, 3 empates, 3 derrotas – 13
gols pró, 11 gols contra (50% de aproveitamento)

Santos – 6 Jogos, 2 vitórias, 3 empates, 1 derrota – 6 gols
pró, 5 gols contra (50% de aproveitamento)

Santa Cruz – 9 Jogos, 4 vitórias, 1 empate, 4 derrotas – 6 gols
pró, 8 gols contra (48,1% de aproveitamento)

Palmeiras – 8 Jogos, 3 vitórias, 2 empates, 3 derrotas – 12 gols
pró, 10 gols contra (45,8% de aproveitamento)

Ponte Preta – 6 Jogos, 2 vitórias, 2 empates, 2 derrotas – 10
gols pró, 8 gols contra (44,4% de aproveitamento)

Internacional – 7 Jogos, 1 vitória, 6 empates, 0 derrota – 4
gols pró, 3 gols contra (42,8% de aproveitamento)

Figueirense – 10 Jogos, 3 vitórias, 3 empates, 4 derrotas – 9
gols pró, 9 gols contra (40% de aproveitamento)

Coritiba – 7 Jogos, 2 vitórias, 1 empate, 4 derrotas – 8 gols
pró, 7 gols contra (33,3% de aproveitamento)

Sport – 8 Jogos, 3 vitórias, 2 empates, 3 derrotas – 13 gols
pró, 10 gols contra (33,3% de aproveitamento)

Vitória – 4 Jogos, 1 vitória, 1 empate, 2 derrotas – 3 gols
pró, 3 gols contra (33,3% de aproveitamento)

São Paulo –  9 Jogos, 0
vitória, 7 empates, 2 derrotas – 7 gols pró, 10 gols contra (25,9% de
aproveitamento)

América-MG – 7 Jogos, 1 vitória, 2 empates, 4
derrotas – 4 gols pró, 10 gols contra (23,8% de aproveitamento)