Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sampaoli admite insatisfação pela falta de reforços do Santos

Técnico argentino disse, após empate com Corinthians, que não pode continuar o trabalho se ele e os jogadores não estiverem "à altura do clube"

O futuro de Jorge Sampaoli é incerto no Santos. O novo técnico do clube, que foi anunciado no dia 17 de dezembro e ainda não disputou nenhuma partida oficial, disse que não está satisfeito com a falta de contratações do clube e não pode ficar na função se não tiver as condições necessárias de trabalho.

“Nós treinadores nunca estamos satisfeitos. Se eu não posso estar à altura do clube, não posso estar aqui. Tampouco podem estar aqueles jogadores que não estão à altura do clube”, afirmou após o empate por 1 a 1 com o Corinthians, em Itaquera, no primeiro amistoso do ano, neste domingo.

Veja também

Sampaoli contou que sempre teve o Santos como um modelo, pela sua grandeza e sua história – inclusive, ao citar os grandes jogadores do clube, acabou se confundindo e colocou Ronaldinho Gaúcho na lista. Por isso, não pode aceitar que o nível dos atletas seja baixo. “Sempre vi o Santos como um time grande, não posso olhar como se fosse um time pequeno. Tenho que expressar o que eu vejo”.

Os questionamentos sobre o futuro do técnico no Brasil começaram no sábado. O jornalista argentino Martin Liberman noticiou que Sampaoli estaria insatisfeito, porque a diretoria havia prometido oito reforços e até agora só anunciou o meia venezuelano Yeferson Soteldo. Segundo Liberman, o Santos e o treinador vão se reunir na segunda-feira para definir sua continuidade. Neste domingo, Sampaoli admitiu que mantém conversas constantes com o presidente José Carlos Peres sobre possíveis reforços.

Vanderlei ameaçado- O treinador argentino elogiou a atuação de seu goleiro, que fez grandes defesas em Itaquera, mas admitiu que pode buscar um novo camisa 1 caso Vanderlei não consiga melhor sua saída de bola. 

“Precisamos de um goleiro que jogue com os pés pelo nosso estilo de jogo. Vanderlei é um excelente goleiro, mas não fez isso nos últimos anos. Temos que ver como vai ser a evolução dele com os pés.”