Ronaldinho Gaúcho pode se candidatar ao Senado em 2018

PEN, partido que pretende lançar Jair Bolsonaro à presidência, fez o convite ao ex-jogador, que deveria concorrer na eleição de MG

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 14 dez 2017, 10h52 - Publicado em 24 nov 2017, 15h33

O PEN (Partido Ecológico Nacional), legenda que deve mudar o nome para Patriota, tem interesse em atrair para seus quadros o ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho. As conversas estariam em andamento envolvendo lideranças do partido em Minas Gerais e o ex-atleta, além de seu irmão e empresário Roberto de Assis Moreira.

“Essa sondagem existem mesmo”, contou, sem querer se identificar, uma liderança do partido, que pode abrigar a candidatura do deputado Jair Bolsonaro à Presidência. De acordo com essa liderança, a ideia é de que Ronaldinho se lance candidato ao Senado ou à Câmara.

 

Publicidade