Clique e assine com até 92% de desconto

River Plate contrata dois jovens brasileiros

Hyago e Edinho, ambos vindos do Tubarão, foram incorporados ao time B e esperam receber chances de Marcelo Gallardo em 2020

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 19h31 - Publicado em 15 jan 2020, 15h07

Dois jovens atletas brasileiros vão tentar repetir um feito que poucos compatriotas conseguiram, especialmente nos últimos anos: o de triunfar no futebol argentino. Nesta semana, o River Plate incorporou às suas categorias de base o lateral-esquerdo Hyago e o o meio-campista Edinho, ambos vindos do Tubarão, clube da primeira divisão catarinense.

A dupla ficará a serviço do time B do River, comandado por Juan José Borrelli, e, caso agrade, tem chances de incorporar o elenco dirigido por Marcelo Gallardo. Hyago, que completará 18 anos em fevereiro, passou pelas categorias de base de Corinthians, São Paulo e Santos antes de chegar ao Tubarão e chamar a atenção do River.

“Esse ano tenho muitas expectativas e uma delas é estrear pela equipe principal. Estou lutando por isso”, contou Hyago ao site La Pagina Millonaria. “Minha inspiração é o Marcelo, porque é habilidoso e ofensivo, mas também gosto do Montiel”, completou o brasileiro, citando o titular dos Millonarios.

  • Edinho, por sua vez, é um volante de 18 anos nascido em Brasília, que chegou ao Tubarão em 2018 e disputou o Campeonato Catarinense adulto. Os dois chegam ao River Plate por empréstimo de um ano, com opção de compra.

    https://www.instagram.com/p/B3S4svcFdFq/

    Argentina, um mercado fechado para brasileiros

    O Brasil já teve grandes ídolos no futebol argentino entre as décadas de 30 a 60, como Domingos da Guia, Heleno de Freitas, Paulo Valentim e Dino Sani (pelo Boca Juniors) e Delém (River Plate). Em tempos mais recentes, em que o caminho inverso se tornou mais comum devido à desvalorização do peso argentino, apenas Silas (San Lorenzo) e Iarley (Boca Juniors) conseguiram êxito, enquanto nomes como Jardel (Newell’s Old Boys), Baiano e Luiz Alberto (Boca Juniors) não deixaram saudades.

    Continua após a publicidade
    Publicidade