Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Renato Gaúcho ‘mata’ aulas de curso da CBF e justifica: ‘Minhas férias’

O treinador do Grêmio faltou nos dois primeiros dias de aula para ir à praia no Rio de Janeiro, mas relevou acordo com a CBF

O treinador Renato Gaúcho, do Grêmio, justificou nesta quinta-feira, 6, sua ausência nos dois primeiros dias de aula do curso da CBF, no Rio de Janeiro, que garante a licença para exercer a profissão de técnico. O técnico gremista foi convidado pela entidade para realizar o curso – obrigatório em 2019 – na Granja Comary, no Rio de Janeiro. O ex-jogador, que passou os últimos dois dias na praia com sua filha Carol Portaluppi, declarou que as suas férias são prioridade e que fez um acordo com a entidade para concluir o curso.

“A aula é boa, mas amanhã vocês vão me ver na praia de novo. Vocês têm de entender uma coisa: eu não tenho nada contra o curso, pelo contrário. Eu avisei as pessoas aqui (na CBF), que minhas férias são as minhas férias. Eu trabalho o ano todo, vivo dentro de aviões, hotéis para chegar nas minhas férias, para curtir minha família, meu futevôlei, meu chope, meus amigos e ter de ficar 10 dias em uma sala de aula? Não vai dar certo. Hoje eu vim, foi o trato que eu fiz com as pessoas da CBF, que eu ia ficar por duas horas hoje, volto na quinta-feira da semana que vem para ficar mais duas horas, e talvez venha em algum ou outro dia. Talvez. O meu jeito é esse, das minhas férias eu não abro mão”, justificou, em entrevista à imprensa.

O treinador afirmou que está fazendo o curso para não ter problemas para trabalhar no ano que vem, porque a partir de 2019, a CBF exigirá que os técnicos de clubes da Série A tenham, no mínimo, a licença A para exercer sua função. “Vou vir esses dois dias aqui para não ter problemas, para eu poder trabalhar tranquilamente no ano que vem. Amanhã eu vou estar na praia jogando meu futevôlei, depois de amanhã, também, no final de semana, também. Já adianto para vocês (jornalistas) não me questionarem: vou estar todos os dias na praia”, declarou.

De contrato renovado com o Grêmio por mais um ano, Renato Gaúcho também comentou sobre o ‘quase’ acerto com o Flamengo, clube que ele declara ter o sonho de treinar. “É um sonho que eu tenho de treinar o Flamengo. Nunca escondi isso de ninguém. Quase foi dessa vez, mas um sonho não acaba da noite para o dia. Vou permanecer por mais um ano no Grêmio. Preferi ficar por alguns motivos que prefiro não comentar”, finalizou Renato Gaúcho.