Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Renato Gaúcho confirma presença de todo o grupo no Mundial

Grêmio levará inclusive os jogadores não inscritos no torneio

O Grêmio terá força máxima no Mundial de Clubes, pelo menos fora de campo. Em entrevista coletiva, o técnico Renato Gaúcho revelou que o clube vai levar todos os jogadores, mesmo os não inscritos, criticou a Fifa por não poder registrar Cícero e Cristian na lista e reforçou o desejo de ser campeão do mundo.

“Os times de lá vão levar vantagem porque eles estão jogando, estão com ritmo de jogo. Com o encerramento da Libertadores e a estreia na semifinal, praticamente a gente fica 15 dias sem jogar. Nós perdemos jogadores importantes e cada vez vamos nos enfraquecendo mais. Eu sinceramente não entendi essa decisão da Fifa de não deixar a gente inscrever Cristian e Cícero”, explicou, antes de completar. “Em um torneio de tiro curto, a ideia é engrandecer ainda mais (com reforços) e isso enfraquece. Eu acho que a Fifa poderia dizer que se os clubes quisessem contratar mais alguns jogadores, poderiam, como era antigamente. Nisso tudo, o maior prejudicado nessa história é o Grêmio”.

Mesmo sem poder utilizar alguns jogadores, o Grêmio vai levar a Abu Dhabi todos os atletas do elenco até os que não estão inscritos no Mundial. “O Cícero vai viajar. Por treino e merecimento, por tudo que foi feito com esse grupo, além dos 23 inscritos, os outros também vão viajar e acompanhar a delegação. Eu gosto de ganhar e nós vamos para lá para ganhar. É uma grande chance de me tornar como jogador e treinador bicampeão mundial.”, observou Renato.

Na manhã desta quarta-feira, o elenco gremista faz o último treino em Porto Alegre, no CT Luiz Carvalho, antes de seguir rumo aos Emirados Árabes. O time estreia no Mundial de Clubes na semifinal da competição, dia 12 de dezembro, contra o vencedor do duelo entre Wydad Casablanca, do Marrocos, e Pachuca, do México.