Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Recoba se despede do futebol em jogo comemorativo

Jogador despediu-se aos 40 anos

Jogando no Parque Central, estádio do Nacional-URU, clube que o “mostrou” para a Europa, Álvaro Recoba despediu-se dos gramados em uma partida comemorativa. 

A partida foi feita entre um combinado do Nacional contra um combinado de amigos do craque, que contou com Carlos Valderrama, André D’Alessandro, Marcelo Gallardo, Christian Vieri, Francesco Toldo, Iván Zamorano, Juan Riquelme e Javier Zanetti.

A maioria deles atuou com ou contra Recoba, no futebol italiano. Recoba jogou de 1997 a 2008 na Itália, quase sempre pela Internazionale, com exceção de 1999, quando jogou no Venezia e na temporada 2007/2008, quando jogou no Torino.

Seu último jogo profissional fora na semifinal do Campeonato Uruguaio, em 14 de junho de 2015, quando o Nacional venceu o Peñarol por 3 x 2 na prorrogação. Recoba entrou faltando dois minutos para o fim do tempo normal e atuou durante toda a prorrogação.

O Chino, revelado no Danúbio, ainda defendeu a seleção uruguaia em algumas oportunidades, incluindo a Copa de 2002. Foram 69 jogos pela seleção, com onze gols. 

Todavia, títulos, foram só com clubes. Venceu a Liga Europa, na época Copa da Uefa, em 1997/1998. A Copa Itália, venceu duas vezes, 2004/2005 e 2005/2006. O Campeonato Italiano venceu duas vezes: 2005/2006 e 2006/2007. Além disso, venceu duas Supercopas da Itália em 2005 e 2006, sempre com a Inter. No Nacional, venceu dois Uruguaios, em 2011/2012 e 2014/2015.