Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Real leva vantagem sobre o City; Bayern bateu Atlético em final

Duelos da semifinal deste ano são raros na história

Os jogos da semifinal da Liga dos Campeões são raros na história das competições oficiais. Cada duelo aconteceu apenas duas vezes na história e se repetirá na temporada 2015/2016.

Os duelos entre Real Madrid e Manchester City foram recentes. Os clubes se enfrentaram na fase de grupos da edição de 2012/2013. Na Inglaterra, empate em 1 x 1. Na Espanha, vitória do Real Madrid por 3 x 2. Com esses resultados, o City foi lanterna do grupo D, com três pontos, e sequer foi para a Liga Europa. O Real Madrid foi segundo da chave, com 11 pontos, atrás do Borussia Dortmund (14) e a frente do Ajax (4).

Dessa vez, diferente daquela, o primeiro jogo será na Inglaterra e o segundo na Espanha, fato que fez o treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane comemorar, pela importância de decidir em casa.

Já o duelo entre Bayern de Munique e Atlético de Madri aconteceu apenas uma vez na história e justamente na decisão da Liga de 1973/1974. Foi a primeira final de Liga das duas equipe e fez com que uma delas tivesse sucesso. Foi o primeiro título do Bayern, que conquistaria mais quatro ligas, sendo duas nos dois anos seguintes. Já o Atlético chegaria à final somente em 2013/2014, perdendo a final para o rival Real Madrid.

Naquela decisão, em Bruxelas, Bayern e Atlético empataram em 0 x 0 nos 90 minutos. Na prorrogação, Luis Aragonés fez 1 x 0 para o Atlético aos 9 do segundo tempo da prorrogação. Mas aos 15, no fim do jogo, Schwarzenbeck empatou para o Bayern. Isso forçou um segundo jogo, que também foi disputado em Bruxelas e terminou com vitória do Bayern por 4 x 0.

Guardiola, atual treinador do Bayern, elogiou Simeone e disse que o Atlético derrotou os melhores. Assim, apesar do favoritismo do Bayern, o treinador sabe do perigo do Atlético.

“Nós vimos que tipo de time especial o Atlético é. Eles tem uma defesa e um ataque fortes. Eles tem muito coração. Para mim, o Barcelona segue o melhor time da Europa, independente de terem avançado, e recentemente o Atlético os bateu duas vezes. Isso mostra o quão difícil será”, afirmou Guardiola.