Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rangers voltam a primeira divisão da Escócia quatro anos após falência

Promoção significa a volta do grande clássico contra o Celtic na Próxima temporada

Demorou, mas a volta dos Rangers a Scottish Premiership finalmente aconteceu. A vitória sobre o Durbatom por 1 a 0 não garantiu só o acesso, mas também o título da segunda divisão do país. O gol solitário foi marcado pelo defensor James Tarvernier, que com apenas 24 anos acabou marcando um dos tentos mais importantes da história recente do clube.

A tradicional equipe Escocesa tem uma das histórias mais ricas do futebol europeu. O clube já venceu a primeira divisão escocesa em 54 oportunidades, sendo o campeão absoluto do país com 8 títulos de diferença para o segundo colocado Celtic. Em 1971 a equipe conquistou sua maior glória européia, vencendo a “Copa dos Vencedores de copa da UEFA”, torneio que reunia os vencedores das copas nacionais em uma competição única e mais tarde incorporada a Copa da Uefa.

Entretanto, no começo dos anos 2000 o clube começou amostar certos problemas financeiros, que a primeira vista se mostravam pouco preocupantes, mas que se tornaram irremediáveis. Em 2012 a equipe, que não conseguia mais pagar suas dividas, abriu falência e foi obrigada a trocar de nome. O time ainda tentou disputar a primeira divisão (visto que não havia sido rebaixado, entretanto foi vencido em votação na Federação Escocesa por 10 votos a 1, sendo ele próprio a única equipe que votou a favor de sua permanência. Por fim, os Ranger começaram novamente do zero.

Nas primeiras duas temporadas, a equipe conquistou dois acessos consecutivos , mas em sua primeira temporada na segunda divisão do páis, o time caiu nos playoffs e não retornou a Premiership. Este ano o acesso veio, mas se engana quem pensa que o time voltará dominando o cenário escocês. Ainda com dificuldades financeiras, os Rangers terão um longo caminho para se reconstruirem.