Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

PSG quebra invencibilidade do Bayern com Neymar e Mbappé decisivos

Dupla foi fundamental para surpreender o atual campeão, mesmo jogando sob intensa neve em Munique; na Espanha, Chelsea bateu o Porto

Por Da Redação Atualizado em 9 abr 2021, 19h43 - Publicado em 7 abr 2021, 17h56

O Bayern de Munique viu chegar ao fim nesta quarta-feira, 7, a série invicta de 19 partidas que ostentava desde a última temporada da Liga dos Campeões da Europa. Desfalcado de seu principal jogador, o atacante polonês Robert Lewandowski, em recuperação de torção nos ligamentos do joelho direito, o clube alemão foi superado pelo Paris Saint-Germain na reedição da última final. Conduzido por atuações inspiradas de Neymar e Kylian Mbappé, o PSG venceu por 3 a 2, na Allianz Arena, sob intensa neve em Munique.

Agora, para se classificar às semifinais caberá ao time francês empatar por qualquer placar ou, até mesmo, derrotas por 1 a 0 ou 2 a 1 na partida da volta, programada para a próxima quarta-feira, 13, no Parque dos Príncipes, em Paris. A repetição do placar favorável aos alemães levará a decisão para a prorrogação.

Mbappé marcou 2 gols no duelo de ida pela Champions League -
Mbappé marcou dois gols no duelo de ida pela Champions League – Alexander Hassenstein/Getty Images

A dupla Neymar-Mbappé começou com tudo. Logo aos três minutos, o cartão de visitas: o brasileiro tabelou com o argentino Di Maria e encontrou o francês sem marcação. Mbappé finalizou forte, sem dominar a bola, e contou com rara falha do goleiro alemão Manuel Neuer.

UOL Esporte Clube | Assine e acompanhe transmissões de grandes jogos e programas esportivos de onde você estiver.

O PSG poderia ter ampliado minutos depois, com o alemão Julian Draxler, em nova jogada tramada por Mbappé e Neymar. O gol foi anulado pela posição de impedimento do atacante francês ainda no início da jogada. Aos 29, Neymar cruzou e encontrou o zagueiro Marquinhos livre na área para dominar com calma e concluir com a frieza de um atacante: 2 a 0 para o PSG. Um dos destaques do jogo, o defensor brasileiro deixou o campo lesionado logo depois.

Continua após a publicidade

Sem Marquinhos na área, o clube alemão descontou ainda no primeiro tempo, com o camaronês Choupo-Moting, que até o último ano jogava pelo PSG e foi o escolhido pelo técnico Hans-Dieter Flick para substituir Lewandowski. Ele aproveitou um cruzamento de Pavard para diminuir.

  • O atual campeão iniciou o segundo tempo pressionando e chegou ao empate com Thomas Muller, após cobrança de falta de Kimmich, aos 15. Aos 23, em um contra-ataque, porém, Mbappé deu números finais a partida.

    Chelsea perto da semifinal

    Chelsea bateu o Porto por 2 a 0 em Sevilha -
    Chelsea bateu o Porto por 2 a 0 em Sevilha – Berengui/DeFodi Images/Getty Images

    Na outra partida, encerrando a primeira rodada de jogos das quartas de final da competição, o Chelsea construiu boa vantagem ao superar o Porto por 2 a 0 no primeiro de dois confrontos que ocorrerão no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha, devido às restrições de voos entre Portugal e Inglaterra em função de medidas de combate ao avanço da pandemia da Covid-19. Os gols da partida foram marcados por Chilwell e Mount.

    Agora, caberá a equipe do técnico Thomas Tuchel administrar a vantagem construída na primeira partida. Se perder por até um gol de diferença, os ingleses voltam a disputar uma semifinal da competição.

    Continua após a publicidade
    Publicidade