Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Projeto de concessão do estádio do Pacaembu é aprovado

Proposta recebe respaldo de vereadores e seguirá para sanção do prefeito João Doria

O projeto de concessão do estádio do Pacaembu à iniciativa privada foi aprovado na noite desta quarta-feira, em votação na Câmara dos Vereadores de São Paulo. O equipamento esportivo custa 9 milhões de reais anuais aos cofres públicos, segundo a Prefeitura da capital paulista.

A empresa que se interessar em administrar o equipamento esportivo fará a gestão do local por 35 anos. Este é o primeiro projeto do PMD (Plano Municipal de Desestatização) que seguirá para sanção do prefeito João Doria (PSDB).

Veja também

A concessão do Pacaembu vem causando polêmica na cidade. Um dos pontos controversos é a realização de shows e espetáculos, o que causa descontentamento dos vizinhos do estádio e do movimento Viva Pacaembu, formado por moradores que vivem nas proximidades.

Em contrapartida, a empresa que vencer a licitação terá que elaborar um PIU (Programa de Intervenção Urbana) e realizar o alargamento de calçadas, mitigar o impacto no trânsito, instalar paraciclos e pontos de aluguel de bicicletas, entre outras melhorias.

O pleito teve 42 votos a favor da proposta de concessão, e 12 contra. A oposição foi formada por parlamentares do PT e do PSOL, além de Celso Jatene (PR), secretário de Esportes, Lazer e Recreação na gestão de Fernando Haddad.