Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Procon multará Corinthians por irregularidades na venda de ingressos

Segundo o órgão de proteção ao consumidor, o clube cobra taxas indevidas e não disponibiliza meia-entrada no site

O Procon-SP comunicou nesta terça-feira, 28, que multará o Corinthians em 97.000 reais por irregularidades na venda de ingressos. O órgão de proteção ao consumidor denunciou, em nota, que o clube paulista cobra ‘taxa administrativa’ nas vendas de ingresso, que deveria ser paga pelo próprio clube, e não vende meia-entrada no site.

Tabela completa de jogos do Campeonato Brasileiro 2019

“Ao oferecer ingressos por meio de seu site, a empresa cobra 5,5% do valor do ingresso a título de taxa administrativa, alegando tratar-se de custos para cobrir compra pela internet. Nota-se que quem retira o ingresso em guichês específicos é o consumidor, ou seja, não é o clube quem faz a entrega. Tal prática é irregular na medida em que não cabe ao consumidor assumir despesas que fazem parte do risco do negócio do fornecedor”, disse o Procon.

O Corinthians também será multado por não disponibilizar meia-entrada para beneficiários em seu site. “Essa modalidade de ingresso deve ser oferecida em todos os pontos de venda, mas o clube não a disponibiliza no site, o que contraria legislações federais e estaduais que garantem o benefício”.

O clube paulista ainda não se pronunciou sobre a denúncia realizada pelo Procon.