Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Prestes a estrear no Brasileirão, Corinthians anuncia 3 casos de Covid-19

Zagueiro Gil, atacante Leo Natel e um colaborador foram afastados da delegação que viajou para Belo Horizonte para enfrentar o Atlético-MG

Por Da Redação Atualizado em 11 ago 2020, 22h05 - Publicado em 11 ago 2020, 16h58

A pandemia de coronavírus segue se alastrando pelo Campeonato Brasileiro.Corinthians informou nesta terça-feira, 11, em nota, que três membros da delegação testaram positivo para a Covid-19 e precisaram ser retirados do grupo que viajou para Belo Horizonte, onde o clube enfrentará o Atlético-MG nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Brasileirão.

Horas depois de dizer que os nomes seriam mantidos em sigilo, o clube revelou que os infectados foram o zagueiro Gil, o atacante Léo Natel e um colaborador.

“O departamento médico retirou os jogadores da viagem mesmo existindo evidências de que os exames de RT-PCR podem permanecer positivos durante um longo período, mesmo após já terem cumprido quarentena, e sem transmissão do vírus”, comunicou o clube, que teve sua partida válida pela primeira rodada, diante do Atlético-GO, adiada, pois no sábado 8 o Corinthians disputou e perdeu a final do Campeonato Paulista diante do Palmeiras.

  • A resposta rápida do Corinthians vem após a confusão que adiou a partida entre Goiás e São Paulo, no último domingo. Na ocasião, dez atletas do time esmeraldino testaram positivo e a partida precisou ser cancelada, apesar os jogadores do São Paulo já estarem posicionados para o início do jogo.

    As Séries B e C também precisaram adiar jogos em razão de testes positivos. A partida entre CSA e Chapecoense, pela segunda divisão, foi adiada após a contaminação de nove jogadores do time alagoano. Na terceira divisão, Vila Nova, Santa Cruz, Ypiranga-RS tiveram casos do vírus, mas tiveram de jogar, já a partida entre Treze-PB e Imperatriz-MA não ocorreu no último final de semana porque 12 dos 19 atletas do clube maranhense foram infectados.

    Na segunda-feira 10, diante do episódios, a CBF anunciou mudanças no protocolo, que vem se mostrando ineficiente. A entidade planeja terminar o Brasileirão apenas em 2021, no formato tradicional de pontos corridos, cumprindo 38 rodadas.

    Assine DAZN | 30 dias grátis para curtir os maiores craques do futebol mundial ao vivo e quando quiser!

    Continua após a publicidade
    Publicidade