Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do Atlético acusa Edilson, do Cruzeiro, de xenofobia

Comentários do lateral cruzeirense sobre o meia venezuelano revoltaram atleticanos. Ricardo Oliveira fez homenagem ao colega, expulso na final do Mineiro

O presidente do Atlético Mineiro, Sérgio Sette Câmara, fez duras críticas ao lateral-direito Edilson, do Cruzeiro, que se envolveu em polêmica após expulsão do meio-campista atleticano Rômulo Otero na decisão do Campeonato Mineiro, vencido pela equipe cruzeirense no último domingo. Para Sette Câmara, as declarações de Edilson após o jogo podem ser classificadas como xenofobia (preconceito contra estrangeiros).

Na saída do Mineirão, Edilson desdenhou do jogador rival e chegou a citar o fato de Otero ser venezuelano . “Com todos os meus adversários eu chego firme e vai ser assim. Quem é Otero? Otero… seleção venezuelana. Não é p… nenhuma”, disse o lateral do Cruzeiro em entrevista ao SporTV. Otero e Edilson se estranharam ao longo do jogo e o meia venezuelano foi expulso por acertar uma cotovelada no adversário.

A declaração não foi bem vista pelo lado atleticano. O presidente Sérgio Sette Câmara lamentou a entrevista e disse que o caso pode ser interpretado, inclusive, pelo Ministério Público, como xenofobia. “Com relação a esta declaração desse jogador que andou falando mal do Otero, digo que é um desqualificado. Esse tipo de declaração deve ser processado até por xenofobia e, o Ministério Público, se entender cabível, pode tomar as providências, ou o próprio jogador, se se sentir ofendido”, destacou o mandatário.

Apoio de Ricardo Oliveira

Otero não se pronunciou sobre o assunto e nem foi receber sua premiação pelo troféu promovido pela emissora de TV que detém os direitos de transmissão do Estadual. O jogador recebeu apoio especial do atacante Ricardo Oliveira, em uma postagem nas redes sociais.

“Fica aqui minha homenagem a este companheiro de profissão. Irmão, quero te dizer que tenho muito respeito pela sua nacionalidade e por todas as pessoas da Venezuela por me tratarem com todo o respeito quando precisei ir ao seu país para trabalhar.”

View this post on Instagram

Fica aqui minha homenagem a este companheiro de profissão @scorpionotero80 hermano quiero decirte que tengo mucho respeto tu nacionalidad y por todo el pueblo venezuelano por haberme tratado con todo el respeto quando tuve que ingresar en su paes a trabajo. Somos todos creaturas de Dios y tenemos la bendicion de compartir de estos momentos mientras vivimos… asi que, la riqueza de la vida no estas en cuán grand soy sino de como entiendo la importancia que uno tiene en su interior…..importancia esta que es llevar dentro de si el amor de Dios por todos los pueblos, lengua y naciones. Hay que levantarse hermano la vida sigue y los objetivos tienes que seguir vivo dentro de ti. Te quiero mucho!!

A post shared by R.oliveira (@ricardo.oliveira) on

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Quero fazer aqui um desabafo.Suas frangas parem de chorar e cacaricar meu quarto ta enchendo de penas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  2. JOSÉ DA PAIXÃO RODRIGUES RODRIGUES

    Que cambada de choronas são estas frangas. Fizeram igual as bambis em sp,já estavam comemorando o título, esquecendo que do outro lado tem um time vencedor,raçudo e campeão.
    Parem de chorar sobre o leite ou melhor, sobre o milho derramado.

    Curtir