Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente da federação italiana renuncia após fracasso

Pressionado, Carlo Tavecchio pediu demissão seis dias depois de a Itália ficar fora da Copa do Mundo pela primeira vez em 60 anos

O presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), Carlo Tavecchio, renunciou ao cargo nesta segunda-feira, depois de se reunir nesta manhã com seus colaboradores na sede da organização em Roma, segundo informaram diversos jornais do país, com o La Gazzetta dello Sport.

Tavecchio, que foi eleito presidente da FIGC em 11 de agosto de 2014, renunciou depois do fracasso da seleção italiana, que perdeu para a Suécia na repescagem europeia para a Copa do Mundo da Rússia e ficou fora de um Mundial pela primeira vez em 60 anos.

O agora ex-presidente começou sua reunião no Conselho da Federação por volta de 12h20 (horário local, 9h20 de Brasília) e deixou seu cargo após uma conversa que durou pouco mais de 20 minutos. Na semana passada, Tavecchio demitiu o técnico Gian Piero Ventura. 

Gianluigi Buffon chora após eliminação da Itália, em empate por 0 a 0 com a Suécia, em Milão (Marco Luzzani/Getty Images)