Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preparador do Atlético de Madri é detido por violência contra mulher

Uruguaio Oscar Ortega passou uma noite preso e foi solto nesta terça-feira, quando dirigiu o treinamento da equipe na capital espanhola

Preparador físico do Atlético de Madri, Oscar Ortega foi detido no fim da noite de segunda-feira, 28, acusado de violência de gênero. O profissional, porém, foi colocado em liberdade nesta terça, 29, após comparecer perante um juiz, informou a polícia da Espanha.

Ortega, de 60 anos e nascido no Uruguai, não foi imputado imediatamente por qualquer crime e também não precisou realizar o pagamento de uma fiança. O caso terá seu processo ocorrendo em um tribunal especializado em caso de violência contra mulheres.

A polícia não apresentou outros detalhes sobre o incidente que levou o preparador físico a passar a última noite detido. Já o Atlético de Madri afirmou que não tomará nenhuma medida contra o seu profissional até que sejam conhecidos os detalhes do caso.

Ortega era preparador físico do Atlético de Madri quando o agora técnico Diego Simeone jogou pelo clube em 2004. Ele retornou ao clube como membro da comissão do treinador quando o argentino assumiu o comando da equipe no final de 2011. O preparador acompanha Simeone desde o início da sua carreira como técnico, em 2006, pelo Racing.

Nesta terça-feira, 29, ele comandou o treino do time do Atlético de Madri, que teve pela primeira vez Álvaro Morata, recém-contratado junto ao Chelsea, em campo.