Clique e assine com até 92% de desconto

Por que Icardi deixou a base do Barça para se tornar ídolo na Itália

Atacante argentino é a principal esperança da Inter de Milão para surpreender o clube catalão nesta quarta-feira, pela Liga dos Campeões

Por Da redação Atualizado em 30 jul 2020, 20h05 - Publicado em 24 out 2018, 13h39

Mauro Icardi é o principal jogador da Inter de Milão, mas poderia ter feito sua carreira pelo Barcelona, seu adversário desta quarta-feira pela Liga dos Campeões, em jogo que começa às 16h (de Brasília), no Camp Nou. Com características que não se encaixavam na filosofia do clube catalão, o atacante argentino decidiu fazer as malas e tentar a sorte na Itália, aos 18 anos. Para o agente do jogador, Abian Morano, essa mudança foi fundamental para a carreira de Icardi.

“Sair do Barcelona mudou sua vida. Ele é uma criação dos anos que passou no futebol italiano. Estou convencido de que, se ele não saísse de lá, não teria se tornado jogador de futebol profissional. Naquele momento, os técnicos de base do Barcelona não estava usando os atacantes. O David Villa e o Eto’o tiveram que mudar de posição e o Ibrahimovic sentiu muitas dificuldades. O Icardi é um camisa 9 puro e eles apagaram essa posição do sistema deles”, afirmou Morano.

  • O atacante argentino deixou o Barcelona em 2011 e foi para o sub-17 da Sampdoria. Em seu segundo ano no clube italiano, Icardi subiu para o time principal e marcou dez gols em 31 jogos. Foi lá também onde ganhou as manchetes por iniciar um controverso relacionamento com a modela argentina Wanda Nara, então casada com seu companheiro de clube, Maxi López, hoje no Vasco. Icardi e Wanda se casaram, tiveram três filhas e seguem juntos.

    O bom desempenho na Sampdoria atraiu interesse de grandes clubes europeus e, em 2013, o argentino acertou sua ida para a Inter de Milão. Icardi tem quase 200 partidas oficiais pelo clube de Milão e marcou mais de 100 gols, com um média superior a 0,5 gols por jogo. É hoje o capitão da Inter, aos 25 anos.

    No início da semana, embalado pelo duelo e pelo gol de Icardi que deu a vitória à Inter no clássico contra o Milan, nos acréscimos, o Barcelona vasculhou seus arquivos e exibiu em suas redes sociais alguns gols de Icardi pelas equipes inferiores. Em entrevista coletiva na última segunda-feira, o jogador se disse grato a La Masia, como é chamada as categorias de base do Barça.

    Continua após a publicidade

    “Voltar para Barcelona é especial e muito emocionante para mim, porque aqui é onde a minha carreira começou. Estar em Barcelona foi muito importante para mim, porque aprendi muito como jogador de futebol e também a nível pessoal. Eu sempre serei grato a este clube porque eles ajudaram-me a ser o jogador que sou hoje”, disse.

    O prestígio de Icardi na Inter não se repete na seleção argentina, pela qual não teve tantas oportunidades e nenhuma atuação de destaque. Icardi ficou fora da lista de convocados para defender a Argentina na Copa do Mundo da Rússia, mas vem sendo chamado pelo treinador interino Lionel Scaloni.

    Continua após a publicidade
    Publicidade