Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Polícia investiga ameaças ao colombiano Carlos Sánchez, expulso na estreia

Jogador evitou o primeiro gol japonês, colocando a mão na bola, durante derrota por 2 a 1 na última terça-feira

Por Gazeta Press 21 jun 2018, 18h29

Expulso com três minutos de jogo na estreia da Colômbia na Copa do Mundo, o meia Carlos Sánchez vem sofrendo ameaças em redes sociais, de acordo com a emissora colombiana BLU. A polícia local já iniciou uma investigação sobre o caso. Na partida, disputada na última terça-feira, os colombianos foram derrotados pelo Japão por 2 a 1.

  • Na Colômbia, desde a morte do zagueiro Escobar, em julho de 1994, qualquer tipo de ameaça a pessoa pública em rede social é investigada para evitar maiores proporções. Escobar foi assassinado a tiros em Medellín logo após ter marcado um gol contra na derrota de 2 a 1 para os EUA naquele Mundial. O time foi eliminado na primeira fase.

     

    Publicidade