Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia encerra busca por avião que levava o atacante Emiliano Sala

Foram mais de 80 horas de buscas, mas nenhum vestígio da aeronave foi encontrada pelas autoridades britânicas e francesas

A polícia de Guernsey, ilha no Canal da Mancha, comunicou nesta quinta-feira, 24, que encerrou as buscas pelo avião pilotado por David Ibbotson, que levava o jogador argentino Emiliano Sala. Depois de mais de 80 horas de buscas, o capitão David Barker, encarregado pelas buscas, afirmou que nenhum vestígio da aeronave foi encontrado.

“Apesar dos esforços nas buscas pelo Canal da Mancha e de examinar dados dos celulares e imagens de satélite, não fomos capazes de encontrar nenhum rastro do avião, do piloto ou do passageiro. Foram 80 horas de voo, utlizando três aviões e cinco helicópteros, além de uma busca contínua nas últimas 24 horas. Foram utilizados botes e vários barcos de pesca e particulares. Avaliamos todas as informações até tomar a difícil decisão de encerrar a procura. As chances de sobrevivência são extremamente remotas”, diz o comunicado, nas redes sociais da Polícia de Guernsey.

O avião em que ele e o piloto estavam a bordo desapareceu na última segunda-feira, a cerca de 20 quilômetros ao norte da ilha Guernsey. O atacante de 28 anos foi vendido do Nantes para o Cardiff, do País de Gales, na maior negociação da história do time que disputa a primeira divisão inglesa: 15 milhões de libras (cerca de 73 milhões de reais). Sala estava no avião rumo à cidade galesa para assinar seu contrato com o clube.

Sala deixou a Argentina muito jovem para reforçar a base do Bordeaux. Após ser promovido ao time principal, passou a ser emprestado para times menores, até se transferir para o Nantes, em 2015.