Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Planejamento tem nome: Rondoniense Social Clube

Clube foi um dos últimos clubes do Brasil a perder uma partida em 2016

Fundado no início do ano de 2007, pelo atual vice-presidente Antonio Tadeu, o Rondoniense Social Clube nasceu de um projeto social com o objetivo de utilizar o esporte para a promoção da inclusão e da integração social de crianças e adolescentes da cidade de Porto Velho. 

Nos últimos quatro anos, o Periquito da Capital se filiou à FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia) e passou a disputar as competições de base no estado. Com a posse do presidente AiltonArthur, em novembro do ano passado, viu-se a necessidade de profissionalizar o clube, visando sua primeira participação no Campeonato Rondoniense em 2016. 

No começo deste ano, o técnico Ariel Mamede, de apenas 26 anos, foi apresentado para iniciar os trabalhos visando o Estadual 2016, quase dois meses antes da estreia. Aliado à base de jogadores locais, o comandante trouxe peças para reforçar o elenco do Rondoniense, buscando mesclar a experiência com a juventude. E a receita deu certo! De forma invicta, chegou às finais do primeiro turno contra o Genus, o arquirrival da cidade de Porto Velho.

Após dois empates, por 1 a 1 e 0 a 0, a decisão aconteceu na cobrança de pênaltis. O RSC acabou vencendo por 4 a 2, garantindo ao clube a presença na decisão da competição e, consequentemente, vaga na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano. Nesta disputa, no entanto, o clube acabou sendo eliminado na primeira fase.

Rondoniense conquistou o Estadual – Alexandre Almeida