Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pelé deve chegar a São Paulo no sábado e seguir tratamento em hospital

Ex-atleta fará acompanhamento para saber de suas condições clínicas após a bateria de antibióticos utilizados para baixar a febre e conter a infecção

Pelé continuará seu tratamento médico contra uma infecção urinária em São Paulo, no hospital Alberto Einstein, assim que chegar ao Brasil, o que deve acontecer somente no sábado, 6. Em princípio, trata-se apenas de um acompanhamento para saber de suas condições clínicas após a bateria de antibióticos utilizados para baixar a febre e conter a infecção em Paris, onde realizou vários exames.

Nesta sexta-feira, 5, ele deve receber alta e se preparar para a viagem de volta. Pelé retornará ao País após passar a semana na capital francesa. Ele ficou dois dias internado no American Hospital Paris.

Informações dadas pelo assessor pessoal de Pelé, José Fornos, davam conta da recuperação de Pelé nesta quinta-feira, mas da necessidade também de ele cancelar compromissos nos Estados Unidos. Da França, sua comitiva desembarcaria em Boston para receber uma homenagem na Universidade de Harvard no domingo. Ele estaria ao lado do técnico da seleção brasileira, Tite.

Agora, de Paris, Pelé voltará direto para São Paulo, para novas consultas médicas e possíveis exames. Em princípio, seu estado de saúde não preocupa. Pelé tem 78 anos e atualmente precisa da ajuda de um andador e de cadeira de rodas para se locomover.

Em Paris, terça-feira, antes de passar mal no hotel onde estava hospedado e ser levado para um hospital, Pelé se encontrou com Mbappé, atacante do PSG e da seleção francesa. Ambos participaram de evento de um patrocinador em comum. O mal-estar do Rei ocorreu quando ele estava descansando. Desde então, passou os dias à base de antibióticos.