Clique e assine a partir de 9,90/mês

Paulista: Corinthians fatura o triplo da Ponte em cotas de TV

Time de Campinas alega que poderia investir mais na base se recebesse o mesmo que Corinthians nas finais di Estadual

Por Da redação - Atualizado em 28 abr 2017, 16h31 - Publicado em 28 abr 2017, 12h16

A diretoria da Ponte Preta afirma que um dos maiores motivos da desigualdade entre os clubes brasileiros é a diferença na distribuição das cotas de TV. Os grandes times recebem mais que os outros pela transmissão das partidas. Na final do Campeonato Paulista, por exemplo, o Corinthians vai ganhar 17 milhões de reais enquanto o clube de Campinas tem direito a 5 milhões de reais.

“As cotas precisam ser mais igualitárias”, diz o vice-presidente da Ponte, Giovanni Dimarzio. “Com uma cota maior, os clubes poderiam investir mais nas categorias de base e revelar jogadores.” Do time que disputa o título estadual, sete jogadores passaram pela base: Matheus Jesus, Ivan, Emerson, Ravanelli, Yuri, Jeferson e Reynaldo.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade