Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Parte da premiação corintiana será entregue por produtividade

Jogadores com mais jogos receberão parte maior da premiação

O Corinthians praticamente já conquistou o Campeonato Brasileiro de 2015. O time está muito perto da conquista e já foi definido que o clube dará parte dos R$ 10 milhões de premiações aos jogadores pela taça.

Contudo, a divisão, como em tempos passados, não será igualitária, mas sim por produtividade, palavra que ganhou força no futebol brasileiro em 2015. 

A palavra entrou com força graças à nova forma de pagamento de salários feita pelo Palmeiras. Jogadores com mais partidas recebem mais. De acordo com a produtividade, se recebe mais no seu salário.

Com a premiação corintiana, será a mesma. Quanto mais partidas disputadas pelo time, maior o valor da premiação. Assim, Jadson e Cássio, com 31 jogos cada, ganharão mais dinheiro que outros. Gil, com 30 jogos, seguido de Renato Augusto (28) e Malcom, Vágner Love e Ralf, com 27 jogos, também serão premiados pela regularidade.

Contudo, jogadores que deixaram o clube no meio da disputa do torneio, casos de Guerrero, Emerson Sheik (Flamengo), Fábio Santos (Cruz Azul) e Petros (Real Betis) não receberão nada.