Clique e assine a partir de 9,90/mês

Parreira indica motivo de eliminação do Brasil e defende Neymar

Ex-treinador citou a falta de experiência como principal responsável pelo insucesso do Brasil

Por Gazeta Press - 12 Jul 2018, 12h01

O ex-treinador Carlos Alberto Parreira apontou a falta de experiência como um dos maiores problemas da seleção brasileira nesta Copa do Mundo, tanto de jogadores quanto da comissão técnica. Para ele, a equipe não soube lidar com alguns detalhes importantes para poder seguir em frente no Mundial da Rússia. Parreira ainda defendeu Neymar das críticas do ex-jogador e agora técnico Van Basten, feitas na mesma entrevista coletiva, organizada pela Fifa. Técnico no tetracampeonato em 1994, Parreira faz parte atualmente do grupo de estudos técnicos da entidade máxima do futebol (TSG, em inglês).

“Faltou experiência de Copa, tínhamos bons jogadores, mas poucos com Copa (no currículo), assim como o estafe técnico. O Brasil poderia ter ido mais longe. Fomos melhores no segundo tempo (contra a Bélgica, nas quartas de final), controlamos o jogo, tivemos chance de marcar, mas a Copa é decidida no detalhe”, afirmou Parreira. “Continuamos sonhando em ganhar no Catar. Estamos sempre em busca de ganhar uma Copa do Mundo, é como uma religião para nós.”

O holandês Van Basten criticou Neymar por suas encenações. “Eu acho que simular não é uma boa atitude. Você tem que ter espírito e isso não vai te ajudar. Eu acho que ele pessoalmente deveria entender essa situação”, disparou. Parreira saiu em defesa do atacante. “Ele é muito agredido também. Ele atrai essa mídia toda contra ele. O importante é que ele pode nos ajudar”, finalizou.

Publicidade