Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Para Tevez, saída de Calleri prejudicou o Boca

Jogador acredita que Boca não vencer Libertadores com o futebol que vem apresentando

Por Redação PLACAR Atualizado em 2 mar 2017, 16h51 - Publicado em 8 mar 2016, 12h52

Não convocado para a seleção argentina, o atacante Carlos Tevez soltou o verbo ao explicar o desempenho fraco do Boca Juniors no começo desta temporada de 2016.

E a reclamação de Tevez foi pela ausência de seu companheiro em 2015, Calleri, que foi para o São Paulo por empréstimo até o meio do ano, quando irá para a Roma. Sem Calleri, Tevez sente-se sobrecarregado no ataque do Boca.

“Me mata que não tenhamos outro camisa 9. Eu posso jogar de 9, mas não vou entregar a equipe 100% do que posso dar”, afirmou o atacante ao canal Fox Sports. “Quando jogava com Calleri, ele que brigava com os defensores pela bola. Hoje sou eu e dói, vou contra os grandes. Calleri fazia o trabalho sujo e eu aproveitava”, reclamou Tevez.

Com o desempenho abaixo da média, o jogador acredita que será impossível o Boca venceu uma Copa Libertadores desse jeito. 

Continua após a publicidade
Publicidade