Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras supera Flu nos pênaltis e avança

O goleiro do Verdão salvou o time no tempo normal e decidiu nas penalidades

Fernando Prass levou o Palmeiras à final. De novo. Assim como no campeonato paulista, o goleiro do Palmeiras apareceu nos pênaltis: defendeu a cobrança de Gustavo Scarpa e assistiu a Gum cobrar para fora a terceira cobrança antes do argentino Allione definir a classificação para o Palmeiras.

Após um primeiro tempo em que a equipe de Marcelo Oliveira foi superior e trouxe para si a vantagem com dois gols do paraguaio Lucas Barrios, o Palmeiras recuou no segundo tempo e, após o gol de Fred, que igualou o placar agregado, sentiu física e psicologicamente, mas conseguiu segurar o tricolor carioca e levar o jogo para os pênaltis. Aos 47 do segundo tempo, Prass deu mostras de que seria o herói da partida ao defender um chute de Fred na entrada da pequena área. Dois minutos antes, o Palmeiras chegou a marcar o gol da classificação, anulado com razão pelo auxiliar.

O Palmeiras chegou à partida pressionado por um bom resultado após a queda de rendimento no Brasileirão. O técnico Marcelo Oliveira contou com o retorno de Robinho ao meio campo e apostou na entrada de Matheus Sales como volante, fazendo apenas sua segunda partida como profissional. O jovem de 20 anos retribuiu ao treinador com uma partida segura, sobretudo no primeiro tempo, dando segurança à zaga do Palmeiras. No entanto, foi Robinho quem fez a diferença. O meia melhorou a saída de bola do time, que vinha sendo criticado pelo uso exclusivo de bolas longas.

O Palmeiras terá a chance, agora, de uma revanche contra o Santos, que superou o time da capital na final do estadual.