Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras leva multa por transferência de Barcos

Jogador foi para o Grêmio em 2013

A transferência de Barcos para o Grêmio no começo de 2013 já foi uma das atitudes mais polêmicas da gestão Paulo Nobre no Palmeiras. E ela aconteceu no seu primeiro mês de mandato. À época, sem dinheiro, o Verdão precisou da venda para formar um time para a temporada, e por isso fez a transferência na calada da noite, logo após um jogo do clube.

Contudo, por uma cláusula no contrato do jogador, o clube teria que informar a LDU Quito, dona de 30% dos direitos federativos do jogador, algo que não fez. Por conta disso, o clube alviverde foi multado pela Fifa em 50 mil francos-suíços, pouco mais de R$ 158 mil.

O Palmeiras teria violado o artigo 18 do Regulamento de Transferência de Jogadores, de 2010. Logo que o Verdão fez a negociação, o clube equatoriano já reclamou e entrou com a reclamação na Fifa, tendo resultado somente agora, cerca de quatro anos depois.

Na época, o Palmeiras trocou o jogador por uma dívida que tinha com ele, de cerca de 750 mil dólares, além de quatro jogadores do Grêmio, que viriam para formar o elenco palmeirense. Leandro (empréstimo), Léo Gago, Vilson e Rondinelly vieram para o Verdão, que ainda teria direito a um quinto jogador, que acabou não vindo e fez o Palmeiras receber algum dinheiro.